2.7.08

Importa-se de repetir ?

Este inicio de época,bem ao contrário do expectável,está a ser algo penoso.
Saidas e entradas com saldo a favôr das primeiras (largamente a favôr diria), algum clima de incomodidade perante o plantel existente embora ainda haja tempo de emendar a mão,enfim salva-se como sempre a resposta dos sócios com 12.000 cadeiras compradas.
É neste ambiente,não sei se totalmente percebido pelos responsáveis do clube,que surge uma declaração espantosa de infelicidade por parte de Manuel Cajuda.
Em declarações a "O Jogo" o treinador do Vitória afirma :"...O primeiro objectivo do Vitória é não descer de divisão;o ultimo logo se vê..." !!!
Não senhor Manuel Cajuda !
Eu não admito que o treinador do Vitória ponha sequer as coisas desta maneira.
Compreendo que face á excelência da época que fizemos,e já agora do plantel em estágio,se procurem dosear as expectativas e se acalmem alguns sonhos mais exacerbados.
Mas jamais aceito que me digam que o nosso objectivo é não descer de divisão.
Não somos o Rio Ave,a Naval,o Trofense ou semelhantes.
Somos o Vitória de Guimarães.
E esse tem de ter, sempre ,como objectivo os lugares cimeiros,não escapar do fundo da tabela.
E esses objectivos tem de ser expressos não apenas nos actos mas também nas palavras.
Gosto muito dos "mind games " do José Mourinho.
Sempre dirigidos para o objectivo máximo.
Ganhar !
Agora,com todo o respeito e consideração pelo Manuel Cajuda,já não tenho paciência nenhuma para "mind games" parolos.
O Vitória, e esta massa associativa espantosa que em meia dúzia de dias já comprou mais de 30% da lotação do estádio, não merecem declarações destas.
Irra que nada parece correr bem...
Saudações Vitorianas

publicada por Jeremias @ 22:44  

8 Comentários:

  • Às 03 julho, 2008 11:00 , Blogger Rui Silva disse...

    O grande objectivo

    Todos têm de perceber, em especial os sócios e adeptos do Vitória. Uma coisa é o que eu digo, outra coisa é o que alguns entendem e outra coisa ainda é o que escrevem sobre o que eu digo. Numa recente entrevista apontei a manutenção como objectivo inicial desta época. Faz sentido que assim seja, não por medo de assumir outros objectivos, mas por realismo. Abaixo dos três clubes que normalmente se designam de grandes do futebol português, qualquer outro está sujeito, numa época má, à descida de divisão. Infelizmente, este clube sabe que é assim.

    Mas não me sinto tão miserável como algumas pessoas podem pensar. Estou muito a gosto no Vitória e quero que o Vitória seja respeitado pela sua grandeza. Por isso disse que a manutenção é o primeiro objectivo mas não é o último. Continuo fiel ao que disse e continuo fiel à grandeza deste clube. Não estamos aqui para perder, estamos aqui para ganhar. Porém, os objectivos conseguem-se a trabalhar no duro. Não há sucessos antecipados no futebol.

    De resto, aos sócios e adeptos do Vitória, tenho de ser mais preciso nas minhas declarações, para que não existam segundas ou terceiras leituras sobre o que digo ou escrevo: o grande e único objectivo assumido por todos nós é o de não desiludir os adeptos. Daremos a nossa vida por isso. Assim continuem a acreditar em mim, nos jogadores e na direcção.

    Manuel Cajuda

     
  • Às 03 julho, 2008 15:56 , Blogger Edmur disse...

    Caro Manuel Cajuda,

    nao é de agora, nem por so há pouco tempo ter chegado ao Vitoria que lhe nutro a minha admiraçao e simpatia. Sou seu "fã" há muito e muito tempo ( desde as longinquas epocas suas no Portimonense).
    Compreendo o teor das suas palavras, o que quer dizer, o que está nas entrelinhas. Mas o senhor tambem tem que conhecer bem os adeptos do nosso clube. E tem que perceber que ao afirmar que os objectivos sao tao curtos, e ao vermos a nossa pre epoca e os jogadores ( ou a falta deles) que estao a chegar, que mexe e preocupa esta massa adepta que sabe bem que está consigo a toda a hora. Será que acha tambem que nao vamos ter um plantel melhor que o do ano passado, e por isso já se modera mais nos comentarios? Lembro-me das afirmaçoes que fez na epoca passada, que ate cartoons fizeram com essas mesmas afirmaçoes.. que o vitoria ia entrar em campo para ganhar sempre. E foi essa filosofia que nos levou à epoca fantastica que fizemos. Para que mudar de discurso agora? nao mude, nao precisa. Nós acreditamos que o nosso lugar é junto aos tres estarolas, coloque-nos lá nas suas palavras, para que sejamos realmente grandes. Nunca vi nenhum rico com conversa de pobre, vi sim muitas vezes o contrario. E nós, senhor cajuda, somos muito ricos em tanta coisa....

     
  • Às 04 julho, 2008 11:17 , Blogger Rui Rodrigues disse...

    Li a entrevista de Manuel Cajuda e achei-a logo infeliz.
    Em Guimarães falar de manutenção desperta traumas que ainda não estão apagados.
    Depois de ler este texto assinado pelo técnico (esperemos que veridico)e que de alguma forma põe aguia na fervura tenho apenas a lamentar que volte a repisar a questão da descida de divisão.
    "Infelizmente este clube sabe que é assim".
    Por amor de Deus:descemos uma vez de divisaõ em cinquenta anos porque desfizemos uma equipa que tinha ido á Europa,planificamos mal uma época,os reforços chegaram tarde e a más horas.
    Isso não constitui uma regra.
    Foi uma excepção que nada tem a ver com a realidade do clube mas sim com más opções de dirigentes circunstanciais.
    O nosso objectivo menor,amigo Cajuda,é ir á Uefa.
    O maior ser campeão.
    É entre esses parâmetros que nos devemos mover.
    P.S: Mas tranquilo que todos compreendemos a sua preocupação.É evidente que este plantel deixa as maiores interrogações.
    Só que há coisas que o treinador do Vitória não pode dizer publicamente !

     
  • Às 04 julho, 2008 12:37 , Blogger N'Dinga disse...

    O texto em causa é assinado pelo Mister e estava no site oficial do enorme VSC!

     
  • Às 04 julho, 2008 12:58 , Blogger Jeremias disse...

    Meu caro Manuel Cajuda:
    Os vitorianos tem para consigo uma enorme divida de gratidão.
    Por nos ter tirado do pesadelo da II Liga,por termos feita uma época inolvidável (que nunca em Portugal tinha sido sequer igualada) no regresso com acesso a disputar a Champions.
    E essencialmente por nos ter devolvido a alegria e a ilusão.
    Direi que voce tem lugar destacado nos maiores técnicos de sempre deste clube.
    Por onde já passaram nomes como José Maria Pedroto,Raymond Goethals,Marinho Peres,Paulo Autuori,Fernando Vaz,Quinito,Artur Jorge,Jorge Vieira,António Morais e tantos outros que nos deram grandes alegrias.
    Por mim, e estou certo que pela esmagadora maioria dos vitorianos,voce ficará em Guimarães enquanto quiser.
    Até pode ser o nosso Alex Ferguson !
    Isso é uma coisa.
    Outra é estarmos de acordo em tudo.
    E em relação ás declarações que fez sobre os nossos objectivos não posso estar nada de acordo consigo.
    Percebo que queira baixar expectativas,fazer sentir que a época passada foi tão boa que é dificil de repetir,até lançar um alerta perante um plantel que não está a corresponder ao esperado.
    pelo menos neste momento não está.
    Mas voce treina um clube inimitável em Portugal.
    Com uma massa associativa extraordinária (como estes dois anos já lhe provaram exuberantemente)sedente de titulos e vitórias.
    Nós queremos ser campeões nacionais,ganhar a Taça de Portugal,quebrar o ciclo vicioso dos chamados grandes.
    E não nos poupamos a esforços para isso.
    A II Liga com o Vitória viu assistências que nunca mais voltará a ver.
    Na I Liga somos de longe o quarto clube me média de espectadores em casa e seguramente o primeiro em deslocação de adeptos nos jogos fora.
    Já sei que o SLB tem muita gente nas deslocações mas isso tem como base fortes contingentes de parolos locais.
    Não em Guimarães seguramente.
    E esse entusiasmo,essa verdadeira mistica vitoriana,alimenta-se com ilusão,com discursos positivos,com ambição de ir sempre mais longe.
    Você conseguiu o mais dificil que era transmitir esse espirito aos jogadores que o demonstram dentro do campo.
    Não faz sentido que um homem que tem sido um exemplo de optimismo (quando chegou a Guimarães devia ser dos poucos que ainda acreditava que podia subir...)venha agora fazer discursos tristes a lembrar mágoas ainda recentes.
    Os vitorianos,além de uma enorme gratidão,estão dispostos a dar-lhe todo o apoio necessário.
    Mas nunca mais fale que a manutenção é o objectivo.
    Fale-nos da Uefa,da Champions,do titulo e da Taça.
    Essa é a sua linguagem isso é o que nós queremos ouvir.
    Saudações Vitorianas

     
  • Às 04 julho, 2008 15:40 , Blogger Rui Silva disse...

    "Foi uma excepção que nada tem a ver com a realidade do clube mas sim com más opções de dirigentes circunstanciais."

    Isso é falso, Rui.
    Se bem te recordas já nos livramos umas três vezes da descida nas duas últimas jornadas do campeonato nos últimos 10, 15 anos, a começar num célebre jogo em Faro com um golo marcado nos descontos, e acabando numa derrota em casa com o sporting por 2-0 que não nos fez descer, porque outro clube (belenenses, salvo erro) também não ganhou.

    Parece-me que o pessoal fica demasiado melindrado com estas afirmações «modestas» de treinador e jogadores. Mas acima de tudo, dá-me a sensação que elas destinam-se muito mais a um possível deslumbramento dos jogadores que começam a pensar mais na Pré-eliminatória e consequente temporada europeia na Champions ou UEFA, do que na carreira nacional e na necessidade de começar bem o campeonato. É uma chamada à terra.

     
  • Às 04 julho, 2008 16:54 , Blogger Rui Rodrigues disse...

    Falso ? Será que descemos mais vezes de divisão e eu não dei por ela ?
    Isso é preocupante !
    Nos ultimos vinte anos apanhamos dois sustos e fomos onze vezes ás competiçoes europeias mais duas (com Jose Maria Pedroto e Inacio)pelo menos em que ficamos em quarto lugar e esse lugar não deu Europa.
    Factos são factos.
    Em cinquenta anos descemos uma vez de divisão pelas razoes apontadas.
    Desfez-se uma equipa,mudou-se de treinador,planeou-se mal a época,os reforços vieram tarde e a más horas.
    Alguns mal escolhidos.
    Os responsáveis foram os dirigentes da altura.
    O principal dos quais já regressou ao lugar de onde nunca devia ter saido.
    O Moreirense.
    Tudo o resto são tretas sem consistência.
    O facto é que descemos uma vez em 50 anos.
    Com um presidente chamado Vitor Magalhães.

     
  • Às 04 julho, 2008 19:24 , Blogger Edmur disse...

    ora bem, caros amigos rui silva e rui rodrigues, vamos a factos:

    - o vitoria esteve de facto recentemente 3 vezes para descer, a ultima das quais no celebre jogo quase interditado contra o Sporting, era o Jorge Jesus o treinador e so nao descemos porque o moreirense ganhou ao alverca, pois nós levamos 3 secos quando tinhamos de ganhar. Foi nos celebres cercos ao estadio, em que os nossos adeptos queriam bater nos jogadores, e o presidente andava para os lados de Lisboa.

    - na epoca que descemos tinhamos o melhor plantel que me lembro desde os tempos do Quinito ( benachour, saga, geromel, paito, wesley, neca, paulo sergio, etc) e o treinador que todos queriamos de volta, pacheco. Investiu-se muito na equipa, sem duvida.

    - na epoca anterior tinhamos ficado em 5º, o que nos permitiu ir á UEFA.

    - Certamente que o VM falhou em muita coisa, mas nao nas aquisiçoes, se calhar faltou foi liderança, perfil para o cargo, etc.

    - Descemos porque a organizaçao do Vitoria nos ultimos 20 anos já faria prever que mais dia menos dia nos poderia mesmo acontecer.

    - Mas o que é facto é que fomos e viemos muito mais fortes, mais unidos, e com muitas mais ilusoes, que espero que daqui a um ano nao se tenham esfumado.

    - Por isso, acho que neste momento nao é altura de massacrarmos mais no passado, e sim preocuparmo-nos com o futuro, pois a nossa historia recente diz-nos que da euforia se pode passar rapidamente às lagrimas. E eu estou é preocupado com o que se está a passar no planeamento da proxima epoca.

    A direcçao tem margem de manobra que foi conquistada com trabalho serio. mas ao fim de um ano de mandato tambem VM tinha, lembram-se?

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page