10.11.06

Futuro com Complexo

O Vitória foi um clube absolutamente pioneiro,em termos nacionais,na concepção e construção de um complexo desportivo.
Depois de anos e anos sem condições minimas,nomeadamente nos primeiros vinte e tal anos do estádio municipal,em que até 1975 ainda ia tendo o pelado da Amorosa para treinar e depois nem isso,em que muitas vezes devido ao mau tempo se via obrigado a cancelar treinos ou a andar com a casa as costas para terrenos vizinhos,o clube já com Pimenta Machado enveredou por essa solução inovadora.
Que o projectou,tornou conhecido e merecedor de admiração pelas excelentes condições que oferecia.
O tempo passou,Sporting e Porto primeiro,Benfica recentemente,e outros clubes e câmaras foram construindo os seus complexo desportivos,os seus centros de estágio,criando condições para manutenção de escalões de formação e equipas de alta competição.
Se é que isso existe em Portugal...
Adiante.
O complexo desportivo do Vitória (que ainda se chama,por vontade dos sócios,António Pimenta Machado,embora a actual direcção faça por o esquecer quanto pode !) continua a ser,indubitavelmente,um bom complexo mas sofre hoje de um problema irremediável que é o da expansão urbanistica o ter cercado de prédios.
Ou seja,sem se ter mexido do sitio...está no sitio errado !
Nesse tal Vitória do futuro em que acho que vale a pena pensar,a questão da mudança de local do complexo desportivo parece-me determinante.
Por um lado para propiciar ainda melhores condições de trabalho aos atletas do clube.Com outro sossego,outro recato,livres da pressão de sócios a assistir a treinos (parece um a heresia,eu sei,mas já não se usa no futebol moderno) e no ãmbito da melhria global das condições de trabalho.
Nomeadamente construindo equipamentos que no actual complexo não existem.
Por outro lado,e através de uma negociação com a Câmara á volta do PDM, a alienação dos actuais terrenos poderia desafogar economicamente o clube.
Ressalvo aqui,por não saber de facto,quantos quais estão actualmente hipotecados.
Seja como fôr,e porque os empréstimos tem de ser pagos,parece-me que a solução é viável e tem pernas para andar.
E depois,tranquilamente e com bom senso,escolher a nova localização,conceptualizar o modelo de complexo que se pretende,construir um centro de estágio moderno (á imagem por exemplo do pertencente ao Sporting que é excelente) onde todas as equipas do clube se possam concentrar antes dos jogos e assim preparar o Vitória do futuro.
Porque,naõ tenhamos dúvidas,o futebol português no contexto do futebol mundial,tem de ser um futebol de formação e exportação.
Pode pontualmente,mas como excepção ponderada e não regra como nos ultimos 3o anos,importar jogadores.
Dos mercados tradicionais,como Brasil e Africa,atento aos novos mercados como essa imensa China.
Mas a sustentabilidade económica dos clubes ,em Portugal, tem de passar pela formação de jogadores e pela constituição de planteis á base de jogadores portugueses.
Se não der para a ganhar a Liga dos Campeões ou a Taça Uefa,paciência,dará pelo menos para andar de cara lavada e acabar com a mentira que o futebol é em Portugal há muitos anos a esta parte.
Mas para isso,e aí espero que o Vitória seja de novo pioneiro,é preciso uma nova classe dirigente á frente dos clubes.
No Vitória,Pimenta Machado e os que o antecederam são passado e Vitor Magalhães é passado...adiado.
É tempo de pensar no futuro !

publicada por Jeremias @ 10:07  

3 Comentários:

  • Às 10 novembro, 2006 16:43 , Blogger CASCAVEL disse...

    Meu caro JEREMIAS,
    O teor deste post, como de resto também aconteceu com o primeiro, constitui uma verdadeira entrada de leão no blog! (é melhor dizer antes de Afonso, porque senão ainda me arranjam umas costelas leoninas.....)
    O problema do complexo do VITÓRIA (que, como diz, se chama António Pimenta Machado e assim deve continuar, até ao momento que os sócios lhe entendam atribuir outra designação) em particular, como o do património do clube na sua generalidade, será com toda a certeza a "fórmula mágica" que um dia - na minha opinião quanto mais cedo melhor - vai permitir o saneamente financeiro do clube.
    Já aqui no blog, em tempos não muito distantes, foi aflorado este problema e, segundo me pareceu na altura, a opinião daqueles que a quiseram dar, ia no sentido da venda do mesmo (naturalmente com a imprescindivel "mãozinha" da CMG) e com o produto da venda proceder-se à construção de um outro mais moderno, provavelmente fora da cidade, onde a tranquilidade para quem lá trabalha bem como as próprias condições sejam melhores do que as actualmente existentes.
    O Complexo, que na altura era um ex.libris no universo associativo desportivo Português, encontra-se hoje, naturalmente por foça da sua longevidade, um pouco ultrapassado.
    Para concretizar este desiderato são necessárias, na minha opinião, duas coisas: em primeiro lugar explicar isto devidamente aos associados, para que estes percebam que o "negócio" é não só rentável como imprescindivel para o futuro do clube; em segundo lugar é imprescindível acautelar devidamente os interesses do VITÓRIA, não permitindo que interesses de particulares (de empreiteiros, agentes imobiliários ou outros) se sobreponham aos legitimos interesses Vitorianos.
    Saudações Vitorianas.

     
  • Às 10 novembro, 2006 18:48 , Blogger Pedro Mendes disse...

    100% de acordo!
    Aliás, já o tinha defendido antes no nosso estádio virtual!

     
  • Às 13 novembro, 2006 09:51 , Blogger N'Dinga disse...

    Nem mais! É isso mesmo! Subscrevo.
    Quanto ao nome do complexo, a mim não me incomoda nada que se chame António Pimenta Machado, só me incomoda é que ele se chama Dr. António Pimenta Machado. Ora é público - até porque foi o próprio que o disse, em tribunal -, que o Sr. PM não terminou o curso de direito que frequentou. Assim, resolvida essa questão qu etem a ver com a verdade das coisas, pode, pela parte que me toca, continuar a ostentar o nome. Acho que o dito o mereceu.

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page