3.5.05

ONTEM NÃO GOSTEI DE IR À BOLA

Aqui há uns tempos, o nosso Romeu, a seguir ao jogo com o Rio Ave, veio dizer bem alto que tinha gostado de ir à bola, apesar de termos perdido dois pontos muito importantes.
Pois bem, eu hoje estou completamente ao contrário: apesar de termos ganho e subido ao 5º lugar, estou desiludido com a equipa.
Vamos ser claros: o Vitória, tinha ontem obrigação de entrar na partida, cerrar os dentes e dar o tudo por tudo para conseguir ganhar. Em vez disso, apresentamo-nos pouco agressivos, trapalhões e com tiques de vedetismo. Contra uma equipa para quem o campeonato já acabou, marcámos dois golos de bola parada, tivemos apenas mais uma oportunidade de golo no jogo todo e acabámos a sofrer como condenados para aguentar os 3 pontos.
Bem sei que à equipa faltavam algumas unidades importantes, mas não é disso que se trata: trata-se, como eu dizia ontem, de querer ganhar, de ter espírito de conquista, de partir para cima do adversário como se o jogo de ontem fosse o último. Ora, meus amigos, eu não vi nada disso.
A tudo isto, acresce a exibição lamentável de alguns jogadores a quem parece que não lhes apetece jogar (estou-me a lembrar do C. Peixoto e do Luís Mário) e opções um tanto incompreensíveis do nosso mister (porquê o Cléber no meio campo?).
Enfim, salvou-se o resultado, que no meio disto tudo é sempre o que conta. Agora, a continuar a jogar assim, não sei não...

PS - Procuro interessados para assinar um "baixo-assinado" a favor do despedimento compulsivo do inenarrável "speaker" do Afonso Henriques.

publicada por Gregório Freixo @ 15:12  

7 Comentários:

  • Às 03 maio, 2005 20:44 , Blogger Romeu disse...

    É isso tudo, grande capitão. Esta jornada, aliás, só me deu gozo pela desgraça alheia, a começar pela brilhante derrota dos panteras, seguida de adequada chicotada e pelas três fogachadas que o scbraga enfardou. Repararam no cartaz que apelava à união dos arsenalistas para a recta final ? Continuem assim que vão longe ...
    Agora o nosso Vitória fez-nos sofrer comó caralho, sem qualquer necessidade, que os gajos até eram uma banda de música.
    Gosto muito de ver o Átila jogar e sinceramente não percebi a confusão que se gerou na altura de escolher quem é que marcava o penalti.
    Ó edinho: o unico caralho à solta que vi no relvado foi o nº 30 deles, um tal de Clayton, que merecia levar com a 5º pata do cavalo.
    Ó capitão: não queria falar já do speaker que é para não desestabilizar. Se, em vez de "baixos assinados", organizares uma espera à moda do Sinhôzinho Malta, a malta agradece e colabora.
    Vamos Ser Campeões (um dia)

     
  • Às 04 maio, 2005 15:00 , Blogger Ademir disse...

    Completamente de acordo com tudo. E queria subscrever por baixo o despedimento do speaker, que se fosse um gajo porreiro metia aquele micro num sítio devido.
    Queria "elogiar a grande atitude do treinador, ao despedir-se do VSC via internet".
    Um comportamento de muito baixo nível. Se ele pensa que nós vitorianos e VSC precisa dele para alguma coisa está muito enganado. Ele vai o VITÓRIA continua a ser grande, e tenho a certeza que vem um treinador muito melhor e mais capaz para treinar e colocar o NOSSO CLUBE no seu devido lugar.
    O bom treinador no VITÓRIA, com um pouco de paciência e sabedoria arrisca-se um dia a ser CAMPEÃO.
    Querem melhor MASSA ASSOCIATIVA.


    VITÓRIA SEMPRE

     
  • Às 04 maio, 2005 15:18 , Blogger Pedro Mendes disse...

    Caro Ademir,

    Explica-me lá essa do MM se ter despedido, sff?

    Já andei à procura e não vi nada.

    Saudações Vitorianas

     
  • Às 04 maio, 2005 16:11 , Blogger Gregório Freixo disse...

    Caro PM:

    Para meljor esclarecimenyto aqui vai um excerto da afamada entrevista on-line.

    Não é certo que fique mesmo que a Direcção lhe proponha a renovação?
    Correcto. O meu caminho passa por outros emblemas.
    Então não vai renovar pelo Vitoria?
    Certamente que não.
    Que clube gostaria de treinar?
    Nenhum particularmente; qualquer um que tenha um projecto desportivo ambicioso.
    Mas o que é que o leva a sair do Vitória?
    A consumação de um trabalho que espero que termine dentro do objectivo traçado.
    E o Vitória tem um projecto desportivo ambicioso?
    O Vitória tem um conjunto de condicionantes que lhe permitirá desenvolvê-lo.
    Vê em Jaime Pacheco um bom sucessor?
    O Pacheco é um grande treinador. Tem dado disso provas nos clubes por onde passou.
    Se está a treinar o seu clube de coração, se tem o apoio da Direcção e muito provavelmente vai atingir os objectivos propostos, o que o leva a sair?
    Nada disso é algo que eu possa sustentar.
    Então por que vai sair?
    Porque o mundo do futebol e do trabalho, nos tempos que correm, a isso leva. Ninguém tem mais um emprego para toda a vida.
    Sempre não vai renovar pelo Vitoria?
    Não é nada que seja definitivamente algo sem caminho, mas tudo indicia que assim vai ser.
    Este ano não era o início de um grande projecto?
    Era e é. O projecto continua! As pessoas que lhe dão corpo é que podem ser outras.
    Não está satisfeito com a sua prestação no VSC?
    Estou satisfeito. Num quadro de grandes dificuldades, estamos muito próximos de alcançar algo que há sete anos o clube não consegue.

     
  • Às 04 maio, 2005 16:47 , Blogger CASCAVEL disse...

    Meus caros Amigos,
    Acho que o MM faz bem em saír do VITÓRIA no final da época.
    Entendo que é a melhor solução para ambas as partes.
    Um dia destes, com mais tempo, explicarei, aqui no blog, o sentido desta minha posição.
    Neste momento importa é que o profissionalismo do mister seja mantido até ao final do campeonato e que esse profissionalismo seja extensivo aos restantes elementos (jogadores e treinadores) que fazem parte da estrutura desportiva do VITÓRIA.
    Saudações Vitorianas.

     
  • Às 04 maio, 2005 18:21 , Blogger Pedro Barbosa disse...

    Uma vergonha, simplesmente uma vergonha... É só o que me apraz dizer nesta altura.
    E tu Cascavel... deixa-te dessas merdas!
    O profissionalismo dele já se viu na Segunda Feira ao ponto que chegou, até nos dá baile.
    Depois de aquele anuncio cibernautico entendi melhor aquela equipa e exibição do jogo contra o Penafiel.
    Confesso que agora estou preocupado... muito preocupado, seriam aqueles equivocos de Segunda Feira derivados apenas da incompetencia do homem ou já haveria ali alguma intencionalidade?

     
  • Às 04 maio, 2005 19:25 , Blogger CASCAVEL disse...

    Para que não restem dúvidas, em relação ao meu comentário anterior, ESTOU FIRMEMENTE CONVICTO QUE O PROFISSIONALISMO, DA EQUIPA TÉCNICA e da maior parte dos jogadores do VITÓRIA (mesmo aqueles que se vão embora no fim desta época!), vai ser uma realidade até ao final do campeonato.
    Acredito, por isso, que, todos eles, tudo vão fazer para que a qualificação para uma prova Europeia se torne numa realidade lá para finais deste mês.
    Saudações Vitorianas.

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page