27.12.04

RECOMPOSIÇÃO DO PLANTEL!

Com a chegada do Novo Ano - em que todos anseamos com a conquista de algum troféu para o VITÓRIA - fala-se "à boca cheia" de uma eventual correção do Nosso plantel.
Eu, desde já, também partilho dessa opinião.
Efectivamente penso que o ENORME (como lhe chama o Pastelão!) precisa de alguns retoques. Tenho, contudo, que essa requalificação da equipa passa, também, pela saída de alguns profissionias dado que, o mesmo plantel tem, na minha opinião, jogadores em demasia.
Penso, por isso, que precisámos de despachar (não gosto nada do termo, mas , de momento, não surgiu outro melhor) entre 4/5 jogadores.
Claro que as saídas terão sempre que estar condicionadas pelas entradas mas, mesmo assim, arrisco a dizer que se fosse eu a decidir prenscindiria do Miguel, B. Sousa, R. Ferreira, Orahovac e C. Carneiro.
Prepositadamente deixo para o fim o caso do Bráulio, dado que, nos últimos dias, tem sido referido nos orgãos comunicação social, como um dos potenciais dispensáveis.
Na minha opinião será um erro e digo isto por duas ordens de razão:
- quando foi chamado à equipa, penso que cumpriu com o que se lhe pedia. Foi sempre um valor a ter em conta no meio campo do VITÓRIA e, acrescento, no período mais fraco da época, quando a produção da mesma atingiu o nível mais baixo. Enfim, penso que nunca comprometeu.
- é um jogador que, pela característica que possui (é excelente nas bolas paradas!), é sempre muito útil no futebol moderno. De facto, actualmente, é cada vez mais dificil marcar golos e é nas bolas paradas que se decidem cada vez mais jogos.
Chegados aqui, ou seja, dispensando estes 5 jogadores, porque partilho da opinião que um plantel profissional deve ter cerca de 22/23 jogadores (guarda redes incluídos), então do que precisa o VITÓRIA?
Penso que seria importante a aquisição (aqui a palavra vale exactamente o que significa, ou seja, mesmo aquisição e não empréstimo!) de dois novos jogadores, a saber, um guarda redes, de preferência alto, que seja bom no jogo aéreo e um ponta de lança que seja "matador" (sim, pode ser um parecido comigo!). Era bom, não era. Digam lá?
Agora se vierem, como se deseja, que sejam efectivamente mais valias e venham acrescentar algo de novo a um plantel que, desde o ínício da época, considero ser de qualidade.
Que venha a "cereja para colocar no topo do bolo".
Se assim não for, isto é, se não forem mais valias, é preferível apostar nos que cá estão e, por exemplo, dar uma oportunidade ao P. Freitas que, ao fim e ao cabo, é o guarda-redes da Seleção Nacional de Juniores e, por isso, deve ter valor.
Claro que todas estas conjecturas também dependem da eventual (obviamente indesejada!) transferência do "mágico 25". Se ele sair o plantel fica mais pobre e, então sim, seria importante adquirir outro jogador de valia semelhante.
No entanto, mais importante que tudo, é o VITÓRIA continuar em subida para, na hora exacta, finalmente chegar aos lugares que a massa associativa, pela paixão e apoio demonstrados, merece.
Um grande 2005 para o VITÓRIA e para todos VITORIANOS.
Saudações Vitorianas.

publicada por CASCAVEL @ 18:16  

2 Comentários:

  • Às 27 dezembro, 2004 23:02 , Blogger Dane disse...

    Sou efusivamente contra a dispensa do Carlos Carneiro pois depois será dificil escolher um jogador que caracterize de forma perfeita os teus posts. Assim de repente só me consigo lembrar do Paulo Turra!!!
    GUIMARÃES ALLEZ!!!
    GUIMARÃES ALLEZ!!!

     
  • Às 28 dezembro, 2004 19:16 , Blogger Pedro Barbosa disse...

    É chegado o período de abertura do mercado de transferências de Inverno, e como não poderia deixar de ser é chegada a hora de proceder a algumas alterações no lote de jogadores que compõe o plantel vitoriano.
    Existem, de facto, jogadores a mais em algumas posições, carências em outras posições, no seguimento, aliás, daquilo que referi logo nos inícios deste blog a propósito da composição do actual plantel.
    E se naquela data, alguns se atiraram a mim, pelas opiniões que ali expedi, agora parece que estão tentados a dar-me razão.
    Mas vamos ao que interessa...
    A dispensar: Claramente o Carlos Carneiro, Orohovac, Bruno Sousa, Tomas Tomic e Miguel.
    O caso do Rui Ferreira é diferente, porque ao que se sabe solicitou ele próprio a sua dispensa do plantel. Se calhar, nesta altura, outro remédio não existe senão mandar o homem embora, apesar de ser um jogador do qual particularmente não desgosto e penso que fez uma boa carreira no Vitória. O erro foi, na minha humilde opinião, no início da época, andarem a queixar-se que não se tinha jogadores e mesmo assim andar a contratar jogadores para a mesma posição onde estávamos bem apetrechados.
    Por isso, se se vier a confirmar a tua saída, da minha parte um grande OBRIGADO Rui Ferreira.
    Quanto ao Orohovac é aquilo a que se chama o primeiro grande erro de casting desta Direcção ou da equipa técnica, o que vem provar que é normal isto acontecer a qualquer um. Quanto às suas qualidades não me posso pronunciar porque não conheço.
    De Bruno Sousa, que recordo-lhes é um jogador da cantera, com inúmeras internacionalizações nas camadas jovens, é exemplo de que nem sempre a aposta nas camadas jovens é frutífera, que apesar de serem grandes craques nos escalões jovens não é sinónimo de que o venham a ser na equipa sénior.
    Dos dois “Guarda Metas”, Tomic e Miguel, são os dois bem idos, porque não são GR para o Vitória.
    Por fim, pronuncio-me sobre a tão propalada dispensa do Braulio, a qual, se vier a acontecer, é um erro, na minha opinião. Porque de facto, trata-se de um jogador que sem ser grande "espingarda", possui características próprias sem paralelo no actual plantel.
    Quanto a aquisições: 1 GR, 1 Extremo esquerdo e 1 Avançado.
    Quanto a Gr vejo com bons olhos a vinda por ex. de Yannick e já nem tanto de ROberto Tigrão, por causa da minha aversão a GR brasileiros.
    Quanto aos outros dois jogadores, esses sim em minha opinião essenciais, deverão ser de qualidade inquestionável.
    Claro que a sua aquisição seria, se possível, sempre a título definitivo, o que compreendo será difícil nesta altura, primeiro porque a vir seria do Brasil (pais onde recentemente terminou o campeonato e vários contratos de jogadores) e colocar-se-ia logo problemas de adaptação e por outro lado existem jogadores no mercado português contratáveis a titulo de empréstimo que me agradaria ver no Vitória. À cabeça vem logo 2 nomes: Rodrigo Tello e Hugo Almeida.

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page