8.8.11

Do Jamor a Aveiro

Com o mesmo adversário, e cometendo boa parte dos mesmos erros, o Vitória saiu novamente derrotado pela sua "besta negra" FCP.
Desta vez,valha-nos isso, por um resultado tangencial e não pela cabazada do outro jogo.
A verdade é que por quatro ou por um de diferença perdemos o jogo e daí que o resultado prático seja o mesmo; mais um troféu perdido!
Machado,fiel aos seus principios de mudar a equipa em todos os jogos,lá "inventou" outro onze diferente do dos jogos anteriores(neste caso para pior) curiosamente mais ousado do que aquele que apresentara contra os débeis dinamarqueses.
Tal como no Jamor nem deu para ver se a estratégia ia resultar.
Aos 3 minutos, na melhor jogada do Porto em todo o desafio,já estavamos a perder e restava-nos ir atrás do prejuizo.
Com uma equipa montada para a contenção e contra ataque e não para o ataque puro.
Com um 18 em que não havia um unico ponta de lança!!!
Edgar ficara na bancada ao que parece devido a exigências do seu novo clube.
William e Fábio Fortes nem convocados tinham sido.
Uma pobreza.
Lá se conseguiu o empate mas,tal como no Jamor,não durou muito.
Ao acabar da primeira parte e num dos poucos lances em que o árbitro se enganou contra nós o FCP fez o segundo golo e sentenciou o jogo.
Depois foi um segundo tempo em que a nossa capacidade atacante roçou o confrangedor e se em termos de jogo jogado equilibramos foi muito por força das entradas de Pedro Mendes(deu logo outra categoria á equipa),João Alves e Maranhão.
Que as "chinesices" tácticas de MM tinham condenado ao banco por razões incompreensiveis para o comum dos mortais.
Em suma...perdemos.
Por mérito do Porto,é verdade, mas também pelo nosso velho hábito "machadiano" de dar tempo,golos e substituições de avanço aos nosso adversários.
Exibições?
Muito bem estiveram Toscano,Anderson Santana,João Paulo e El Adoua.
Muito mal N'Dyaie, Faouzi duas teimosias "EdsonSittianas" de MM.
Sobre o fraco Alex,Targino,Leonel Olimpio e Barrientos.
Dentro do normal, Nilson.
Podiam ter estado melhor se tivessem tido tempo mas não estiveram mal: Pedro Mendes,João Alves e Maranhão.
Pessimamente estiveram Manuel Machado e Paulo Pereira.
MM pelas razões atrás apontadas.
Paulo Pereira porque no fim do jogo andava demasiado sorridente para director de um clube que acabara de perder uma final.
Temos o que a maioria merece ter.

publicada por Jeremias @ 14:34  

3 Comentários:

  • Às 08 agosto, 2011 20:36 , Blogger Saganowski disse...

    Se não fosse a RTPInternacional não via o jogo! E se calhar era o que tinha feito de melhor!
    Este Vitória "Machadês" é uma desgraça!
    Cada vez menos tenho vontade de ver o Vitória a jogar, o que, diga-se em abono da verdade, me custa muitíssimo!

    Hoje o que vemos? Carradas de jogadores que não tem passado recente em nenhum campeonato,
    contratações que são dispensadas ao fim de 6 meses e uma equipa sem qualquer "fio" de jogo!

    Vendas de jogadores que estão em deficit na equipa em cima de jogos importantes e compras de jogadores que depois fogem para outros lados são também outras "milices" que estou a ficar farto de ver!

    Este Vitória não é o meu Vitória, o Vitória que eu me habituei a ver desde pequeno!

     
  • Às 08 agosto, 2011 20:38 , Blogger Saganowski disse...

    Continuando, como é que o MM esperava ganhar ontem sem pontas de lança de raíz?????

    Como é que o MM esperava ganhar sem um verdadeiro "maestro" em campo?????

    A contratação do Pedro Mendes foi para aquecer o banco????? Não haverá gajos com mais aptidões para aquecer o banco?????

    Ó MM, abre os olhos, pá!!!

     
  • Às 09 agosto, 2011 17:27 , Blogger SPCova disse...

    Excelente análise.

    Um portista

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page