31.10.10

A Assembleia

O Vitória realizou uma assembleia geral na passada sexta feira.
Com a relevância de ser a de aprovação do relatório e contas.
Mais uns pontos,menos importantes, na respectiva ordem de trabalhos.
Confirmando, infelizmente, uma tendência de que já se vinha verificando no futebol e nas modalidades estiveram relativamente poucos sócios na reunião magna do clube.
Talvez uns 500 ou 600.
Bem sei que esse número, no estádio, faria normalmente a felicidade de U. Leiria, Nacional ou Naval.
Mas a nós faz-nos infelizes.
Porque apenas confirma um estranho, e já demasiado longo,afastamento entre sócios e clube.
Quanto á assembleia em si o que dizer ?
Antes de se iniciar já estava marcada por dois pontos polémicos.
A proibição da presença dos jornalistas e a especulação em volta de transferência de Bebé.
Se em relação á primeira não gostei das explicações fornecidas já quanto á segunda creio que Emílio Macedo deu uma explicação clara e plausível "matando" o assunto no sitio próprio.
Não vou perder tempo aqui com a questão da retirada da camisola 12, que considero um disparate,mas de que não virá mal ao mundo.
Já quanto ás contas o assunto fia mais fino.
Desde logo porque para além da maçadora exposição inicial de Luciano Baltar (mas é assim que te sido sempre com ou sem power point) que não agradou á generalidade dos presentes, a verdade é que no período de debate ainda foi pior.
Deu a sensação de mal preparado, de não conhecer bem os números, e deixou muitas questões por responder. E foi pena porque da parte dos sócios existiram duas ou três intervenções de excelente nível feitas por pessoas que claramente tinham estudado as contas.
Depois a votação foi outro momento delicado.
Que se feita nestes moldes em assembleias de um passado recente podia ter acabado muito mal.
Votou-se de braço no ar e num primeiro momento o presidente da assembleia geral deu o relatório e contas como aprovado.
Perante o clamor da assembleia, pouco convencida dos resultados da votação,lá se procedeu a uma recontagem que deu os seguintes resultados:
Votos a favor 174.
Abstenções 106
Votos contra 146.
Daqui se extraem três ilacções:
Os votos contra e abstenções foram muito mais que os votos a favor.
Só o facto de os orgãos sociais terem votado em causa própria impediu o chumbo do documento.
Face a estes resultados é melhor mudar o método de votação para algo mais cientifico e por de lado o "golpe de vista".
Depois os trinta minutos da ordem proporcionaram um debate aceso, mas perfeitamente civilizado, naquilo que constituiu um bom momento de afirmação da vitalidade do clube.
Face até á diversidade de assuntos focados.
E ás respostas claras dadas pelo presidente da direcção á maior parte deles.
O que nem sempre tem acontecido como se sabe.
Em traços gerais creio que foi uma boa assembleia geral.
Há contudo um pormenor que me chamou a atenção:
Nos tempos de Pimenta Machado e Vítor Magalhães, mesmo nas assembleias mais conturbadas,existiam sempre sócios a criticar a direcção e outros (normalmente a maioria) a defendê-la.
Actualmente não se passa nada disso.
Não me lembro de uma única intervenção em defesa do relatório e contas.
Nem de apoio á direcção nos 30 m de interesse para o clube.
Os sócios que usaram da palavra nesses períodos ou o fizeram para questionarem a direcção ou para a criticarem.
Defensores nem um.
O que não deixa de ser estranho face aos 60% de votos com que foi eleita.
É apenas uma curiosidade.
Mas que deve suscitar a reflexão de quem de direito.

publicada por Jeremias @ 00:12  

1 Comentários:

  • Às 31 outubro, 2010 18:06 , Blogger Vimaranes disse...

    "E ás respostas claras dadas pelo presidente da direcção á maior parte deles."

    Como? Em qual das partes? Aquela em que EMS não sabia que o sorteio era condicionado? Na parte em EMS e seus pares não faziam a mínima ideia de que eram membros da direcção da Liga? E foram apenas alguns exemplos da total falta de noção de tudo aquilo que se passa à volta do clube. Tirando as explicações exaustivas quanto à transferência de jogadores EMS não respondeu a nada directamente do que lhe foi perguntado. Quanto a Luciano Balta, fez uma figura triste, muito triste.

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page