26.2.07

VITÓRIA - O. MOSCAVIDE!

Depois das minhas habituais dificuldades informáticas, ainda que com a ajuda preciosa do CAPITÃO (o chefe não serve só para mandar) cá estou eu, de novo e após uma arreliadora ausência, a poder dizer o que me vai na alma.
O jogo...... O jogo de ontem foi absolutamente fantástico.
Alguém dizia, penso que num programa de rádio, que o VITÓRIA nos períodos eleitorais normalmente conseguia alcançar sempre bons resultados.
Não sei se foi este o motivo, o que sei é que vi a equipa jogar como ainda o não tinha feito esta temporada.
Os jogadores (do Nilson ao Brasília sem excepção!) foram absolutamente fantásticos.
Lutaram, "meteram o pé", correram como uns desalmados, fizeram de cada lance o último, desenharam boas jogadas, fizeram-se cruzamentos perfeitos, "passes de morte" e, como corolário de tudo isto, naturalmente surgiram os golos, muitos golos.
O "portero" praticamente não teve trabalho, a defesa esteve imperial, os médios estiveram perfeitos e os avançados foram letais na hora de chutar à baliza adversária.
Foi o chamado "jogo perfeito".
Os adeptos, que este ano praticamente só tinham visto desgraças, ficaram naturalmente deliciados com aquilo que lhes foi dado a observar e, a cada passo, lá iam presenteando os "craques" (sim, ontem jogaram craques de Afonso ao peito!) com manifestações de apoio e regozijo, com aquilo que lhes era dado a observar.
A jogar desta forma tudo volta, de novo, a ser possível, apesar dos "tiros nos pés" que os candidatos teimam em dar.
Espera-se e deseja-se que os "disparates" acabem de uma vez por todas.
Aliás, achei que a resposta, da totalidade do grupo de trabalho, às "tonterias" que têm sido ditas na campanha eleitoral foi no sítio certo, ou seja, dentro das quatro linhas e com enorme classe ("uma verdadeira chapada de luva branca").
Assim ao jeito de "estão à procura de uma novo treinador?", ou " felizmente 80% do plantel acaba contrato...", então tomem lá, embrulhem"!!!!!
Sinceramente, acho que mereceram esta resposta.
Como dizia, a equipa transfigurou-se como que se de uma arte de mágica se tratasse, e mereceu claramente a tarde de glória.
Eu, que abandonei o D. Afonso Henriques, quando o VITÓRIA marcou o 3º golo, vim deliciado.
E agora, naturalmente, já se adivinha mais uma grande romaria (não a Moreira, a Sande ou a outro lugar qualquer sem interesse nenhum) a Trás-os- Montes, no próximo domingo, onde se espera que mais 3 pontos venham para Guimarães para que a recuperação não volte a ser interrompida.
Saudações Vitorianas.

publicada por CASCAVEL @ 18:09  

4 Comentários:

  • Às 27 fevereiro, 2007 00:36 , Blogger Jeremias disse...

    Realmente ja estavamos a precisar de uma tarde de alguma alegria.
    Acho que o Manuel Cajuda tem sido de um profissionalismo exemplar,a equipa ja joga e luta de outra forma e,agora é uma malandricezita,a ausencia no banco do "pé frio" do Vitor Magalhaes também tem ajudado.E agora...todos a Chaves.
    Vamos dar um segundo voto de confiança á equipa.

     
  • Às 27 fevereiro, 2007 10:07 , Blogger Gregório Freixo disse...

    De acordo com o que foi dito pelo nosso Cascavel acerca da exibição da equipa.
    Quanto ao futuro imediato, todavia, devo dizer que a tarde de Domingo foi um tanto agri-doce. É que se por um lado saí do Estádio com um sentimento de satisfação que há muito não tinha, por outro, ao ver os resultados e classificação ao fim da jornada, verifiquei que continuávamos a 6 pontos da subida. O que me fez pensar se não teremos acordado demasiado tarde...
    Deus queira que não e que a senda da Vitória continue.
    Um abraço vitoriano.

     
  • Às 27 fevereiro, 2007 15:08 , Blogger Pedro Mendes disse...

    Como em tudo na vida esta exibição(que não tive oportunidade de ver ao vivo) pode ter outra leitura. Que as declarações dos candidatos foram benéficas e abanaram o grupo que desde o inicio da época "vinha zoando da nossa cara"...
    Enfim, quaisquer que sejam os motivos, que continuem nesta senda vitoriosa...
    Eu vou fazer o que me toca: não vou mais ao estádio. Começo a achar que dou azar!

     
  • Às 27 fevereiro, 2007 15:14 , Blogger N'Dinga disse...

    A verdade é que, se considerarmos que todos os que vão à nossa frente têm de jogar connosco (sendo que os 2 primeiros vêm cá a casa), diria que só estamos dependentes de nós, quer para subir, quer mesmo para ganhar isto.
    Chateia-me ser sempre o "optimista", mas a verdade é que acredito que não é demasiado tarde.

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page