9.5.06

O FUTURO DO (MEU) VITÓRIA!

Ainda com a desilusão bem presente na minha memória e, por isso, a muito custo, proponho que se comece a falar do futuro, devidamente estruturado para o Nosso Clube.
O QUE EU NÃO QUERO:
Não quero um clube assente no perfil de um homem só. De alguém que decide de acordo com o seu livre arbítrio.
Não quero um clube gerido por alguém que não aceita discutir os problemas, que não ouve, que não pede conselhos, de alguém que se identifique com qualquer espécie de gestão autoritária.
Como também não desejo um Presidente que fomenta a divisão, com espirito mais desagregador que convergente, que se coloca de costas voltadas para a Câmara, Cidade, Empresários e Comerciantes,......
Não quero, ainda, seguramente, alguém que, após um resultado eleitoral desfavorável, pede "ajustes de contas" em artigos de opinião escritos em jornais locais, que pretende sistemáticamente a convocações de AGs "a torto e a direito", ou alguém que a pretexto da promoção de não sei bem do quê compra páginas em jornais a potenciar algum hipotético jogador (até podia ser o Péle!) que teria contratado se tivesse ganho as eleições.
Não quero seguramente alguém que, sabe-se lá com que motivo, em momentos de fragilidade desportiva do clube, por questões revanchistas ou de "defesa familiar", se vangloria com resultados menos positivos para as nossas cores e se regozija com os resultados positivos dos adversários da ocasião.
Como também não quero Presidentes que têm como ambições transitar para outros clubes.
Não quero finalmente gente que não paga a quem se deve, que permanentemente "inventa" conflitos com os clubes adversários, com a Liga, os árbitros, os jornalistas, as comissões disciplinares....
Este tipo de gente seguramente que para mim não serve e, por isso, será sempre de erradicar dos destinos do VITÓRIA.
O QUE GOSTARIA DE VER:
Alguém que não fosse conotado por "Pimentista" ou "Magalhista". Que não estivesse ligado ao passado (mais ou menos) recente dos destinos do clube. Só essa figura conseguirá agregar em torno da bandeira Vitoriana a união de todos os sócios do clube.
Um clube gerido de uma "forma leve", ou seja, asesente num Presidente, coadjuvado por 6 Directores em áreas devidamente definidas: ECONOMIA E FINANÇAS; PATRIMÓNIO; MARKETING E MARCHANDAISING; MODALIDADES AMADORAS; FUTEBOL JUVENIL E FUTEBOL PROFISSIONAL.
Destes Directores dois deles devem ser profissinais. Os Directores do futebol profissional e o do Marketing e Marchandaising.
Todos eles responderiam perante o Presidente, mas com autonomia suficiente para dinamizarem o "pelouro" que lhes era destinado.
ECONOMIA E FINANÇAS: Alguém que explicasse aos sócios as eternas questões que nos confundem. o passivo (verdadeiro) do clube e a forma de o combater. Que aponte o caminho para o saneamente financeiro. Que a quando da apresentação dos relatórios e contas e da discussão dos Orçamentos explicasse devidamente o que se pretendia fazer.
PATRIMÓNIO: Alguém que zelasse pela dinamização do património do clube. que defina se é melhor ter o complexo como ele existe no momento ou, por outro lado, aliená-lo e como contrapartida dessa alienação fazer um novo, num outro local qualquer. Que repercussões teria isto para o clube? Quanto vale o complexo como ele está? Por quanto será razoável vendê-lo? Quanto custaria um outro complexo num outro local?
Tudo isto são questões que carecem de uma reflexão profunda para em seguida ser encontrada a melhor opção.
MODALIDADES AMADORAS: O Director teria que ser alguém ligado à matéria. Um ex. jogador ou treinador do clube que definisse as prioridades do clube nesta matéria. Será que o melhor para o clube é ter uma, duas ou mais modalidades amadoras. E como seria a respectiva dimensão que as modalidades assumiriam. Semi-profissional ou amadora? com dotação orçamental do dinheiro do clube ou geridas de forma completamente autónoma e então, auto suficientes?
MARKETING E MARCHANDAISING: Foi talvez o sector que mais progrediu no VITÓRIA nos últimos anos. As sucessivas campanhas levadas a cabo foram bem idealizadas e, por isso, bem conseguidas. Como consequência os resultados foram bons, muito bons mesmo. Venderam-se camisolas, cachecóis, bonés,......, sei lá uma imensidão de objectos que seguramente consubstanciaram num encaixe significativo do ponto de vista financeiro e também que ajudaram, no dia a dia, a engrandecer o nome do VITÓRIA.
Para continuar com o atrevimento e pujança já demonstradas.
Criação de casas do VITÓRIA espalhadas pelas freguesias do concelho e pelos concelhos limitrofes onde seguramente poderiam ser "conquistados" novos sócios e simpatizantes para o clube.
FUTEBOL JUVENIL: Para mim devia ser autónomo do futebol profisional, mas em estreita ligação com este.
Talvez com um treinador principal que definisse um modelo que depois seria seguido pelos escalões inferiores.
Com um conjunto de "olheiros" espalhados pelo país na procura de novos talentos.
Que criasse condições para que ano após ano surgissem novos craques que pudessem transitar para o escalão profissional ou posteriormente pudesse ser vendido.
FUTEBOL PROFISSIONAL: é, para mim, o problema estrutural mais grave com que se vem debatendo o clube na última década.
É imperioso que volte a existir um director de futebol profissional.
Alguém que passe 24 horas por dia no clube. Que faça as refeições com o plantel, que assista aos treinos e jogos, que acompanhe a equipa nos estágios, que discuta prémios e objectivos com os jogadores e treinadores, que fale a mesma linguagem com o treinador (por ex. alguém que tivesse perguntado ao V. Pontes porque é que o Dário e o Manoel jogaram tantas tantas vezes? ou ao J. Pacheco porque é que ele não colocava a jogar com extremos e no luigar deles colocavas jogadores sem características para o lugar?).
Alguém que defina um projecto para o futebol do clube.
Que saiba se o treinador A é o mais adequado para estar à frente do clube um ou mais anos, se é o treinador adequado para a posição que o clube em determinado momento.
Que saiba escolher os jogadores. Que saiba se um jogador é muito talentosso mas, ao mesmo tempo, bom ou mau profissional; se tem estofo suficiente para os pregaminhos do clube ou, pelo contrário, se apenas "rende" em clubes menores; se tem ambições e pretende progredir na carreira ou se, por outro lado, é um jogador acomodado; se faz um bom balneário ou é um péssimo companheiro de equipa.
No fundo tudo situações que são apenas do conhecimento de quem já por lá andou.
Alguém que consiga blindar o balneario quando as coisas não correm bem.
Um director que se rodeie de alguns olheiros espalhados pelos diversos cantos do mundo onde se joga futebol: Portugal, África, América do Sul, Norte da Europa..... Já repararam se cada um deste "olheiros", por hipótese de 5 em 5 anos, conseguirem descobrir um grande talento, o retorno, desportivo e financeiro, que essa descoberta trás para o clube?
Tudo isto é, para mim, fundamental e só assim, com um projecto a prazo, é possivel chegar ao êxito que o clube merece.
É que, por muito que isto nos custe, o VITÓRIA, que é um grande clube fora do campo em termos de paixão, número de sócios e adeptos, fervor clubístico, com uma mobilização sem igual, dentro das 4 linhas está muito aquém do que aparenta valer pelos seus ENORMES adeptos.
É esta aparente disparidade que é preciso combater. Ou seja é preciso dar ao clube a dimensão dentro de campo que seguramente tem fora dele. FAZER UM GRANDE CLUBE QUE A TODOS NOS ORGULHE, AINDA MAIS.
Parece que sem alguma coisa deste género, esta pujança desportiva dificilmente chegará a Guimarães e ao VITÓRIA.
Saudações Vitorianas.

publicada por CASCAVEL @ 16:44  

4 Comentários:

  • Às 09 maio, 2006 19:38 , Blogger Gregório Freixo disse...

    Quem fala assim não é gago!
    Assino por baixo.

    Viva o Vitória!

     
  • Às 09 maio, 2006 19:52 , Blogger ADEMIR ALCANTARA disse...

    Caríssimo Cascavel,

    Que apareça quem e conta comigo...Tu sabes a minha opinião sobre aquilo que acho a verdadeira alternativa e o real caminho de futuro para o Clube, mas voltaremos ao assunto certamente,

    Abraço e até logo,

    VIVA O VITÓRIA!!!

     
  • Às 10 maio, 2006 16:21 , Blogger saga9 disse...

    Caro Cascavel:
    Grande golo, nem eu faria melhor.

     
  • Às 10 maio, 2008 11:57 , Blogger Sousa disse...

    Agora o vitoria vai la,e pena ñ terem apostado mais nos jogadores que pelo clube passaram,assim como o Barata defesa direito que esteve ao vosso serviço durante anos e agora anda ai d um lado pro outro, e apesar de tudo ainda hoje ele torce pelo Vitoria.... Boa vitoria força e vamos la a ser campeoes,mas deiam apoio a estes jogadores...que ficam para traz.

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page