28.10.09

Assim está quase bem...

Foto "gamada" ao jornal "A Bola"


Tivemos direito, ontem, a 35 minutos do melhor futebol que tenho visto. A precisão no passe, a velocidade estonteante - pelo menos para a defensiva do Sporting - os gestos técnicos perfeitos, as variações de flanco e as acelerações abruptas... tudo esteve perfeito... faltaram, como de costume, os golos que traduzissem o enorme "banho de bola" que o Vitória deu aos leões, ontem à noite.
Quero acreditar que, desta forma, é possível ir lá. Têm é de aparecer os golos.
Para ajudar à lista de oportunidades perdidas, o Sr. Olegário deixou - para mim - por marcar uma grande penalidade sobre João Alves.
Pelas alas, tudo bem na primeira etapa. Desmarets é claramente melhor a extremo do que a médio interior e isso fez muita diferença. Targino continua a ser um espanto a correr com a bola, mas permanece o jogador mais inconsequente da equipa, pois, após fazer tudo bem, no último terço, não remata, não centra, não acerta um passe.
O meio campo... bom... como dizia, ao meu lado, o Edmur, Flávio Meireles parecia um número 10, sem errar um passe, nem uma intercepção, foi um pêndulo de certezas, a conquistar a posse da bola, a endossa-la, a abrir espaços.
João Alves fez, provavelmente, a melhor primeira parte desde que cá chegou.
Nuno Assis... bom, palavras para quê? Génio, força, raça, talento, clarividência... e a lista de adjectivos podia ir por aí fora.
A defesa esteve, também, bem. Acertada, a pressionar, a jogar na antecipação, sem cometer faltas, a apoiar o meio-campo, a iniciar o ataque.
Lá à frente é que as coisas continuam a não estar tão bem... pouco acerto, eficácia zero, falta de visão, de oportunidade, de precisão.
A segunda etapa foi pior... alguns índices físicos a claudicar, muito maior desacerto geral, houve gente que baixou muito de rendimento e o Sporting lá conseguiu equilibrar a partida... à excepção de poucos minutos, nunca fez mais do que isso: equilibrar.
Depois... continuaram as perdidas incríveis. Roberto, claramente em melhor forma do que Douglas (que, quanto a mim, continua pesado e lento), ganhou várias vezes a bola à defesa verde, mas não foi capaz, em nenhum momento, de desfeitear Patrício ou de, pelo menos, assistir os seus companheiros - estou a lembrar-me, sobretudo, daquele meio remate/meia assistência para Nuno Assis na jogada imediatamente anterior ao golo do Sporting. Estas hesitações não podem continuar a acontecer, não naquela fase do jogo, não naquela posição.
Depois... o costume... na, talvez, única falha da defesa, Liedson - quem mais - saca um golo do nada e lá ficámos, mais uma vez, a correr em desespero, atrás do prejuízo.
A diferença é que, desta vez, conseguimos minorar os danos, com o excelente golo do Rui Miguel que, em boa hora, entrou.
Há muito que se dizia na bancada que deviam sair, pelo menos, Targino, e Douglas , que, desde os 20m da 2.ª parte pareciam não ter nada a ver com o jogo, complicando mais do que ajudando, João Alves, esgotado, passou a ser candidato com o passar do tempo.
Foi mais ou menos isso que fez Paulo Sérgio. Só pecou pela demora na decisão, mas, ainda assim, para bem de todos nós e da justiça, foi a tempo.

Melhores:
1. Nuno Assis
2. Flávio Meireles
3. Desmarets

publicada por N'Dinga @ 10:02  

5 Comentários:

  • Às 28 outubro, 2009 12:10 , Blogger CASCAVEL disse...

    Concordo com tudo o que (bem) refere o Dinga.
    Domínio avassalador do VITÓRIA durante a primeira parte e equilibrio, por queda nítida em termos físicos dos Vitorianos, durante a segunda parte.
    Apenas duas oportunidades da lagartagem durante todo o jogo - uma de Liedson, a que Nilson se opôs com uma extraordinária defesa e o golo - contra uma mão cheia de oportunidades, algumas claras, do VITÓRIA.
    Daí que o resultado fosse injustissimo para as nossas cores.
    E, lá pelo meio, o tradicional: penalty absolutamente escandaloso perdoado ao sporting. Ou seja, o de sempre quando de num dos lados está um dos "estarolas".
    Sinceramente já começa a faltar paciência para "levar com isto" ao longo de tantos (e tantos.....) anos.
    OS MELHORES:
    1. MORENO.
    Fez, para mim, uma fantástica exibição, sem cometer um único erro ao longo de todo o jogo.
    E desta vez nem passes falhou o que, como é sabido, tem sido uma das pechas das suas exibições.
    A ausência de Sereno (será definitiva?????) não se notou.
    2. N. ASSIS.
    É o craque da equipa, como é sabido como ontem, mais uma vez, fez questão de o demonstrar.
    A sua fantástica exibição pecou, "apenas", por exagerar, aqui e ali, do usar e abusar de toques de calcanhar e outras "habilidades", que prejudicaram a eficácia do jogo Vitoriano.
    3. NILSON.
    Podiam, perfeitamente, ter sido outros os "laureados" (Lazaretti, Desmarrets, Andrezinho, J. Alves), mas penso que o Nilson, pela espantosa defesa que fez após cabeçada do Liedson, foi determinante na conquista do empate.

     
  • Às 28 outubro, 2009 20:17 , Blogger Jeremias disse...

    De uma forma genérica estou de acordo com a crónica do N´DINGA e com o comentário do CASCAVEL.
    Acho que pela primeira vez esta temporada demos uma amostra do real valor do plantel e da valia efectiva que a equipa pode ter.
    O losango de Paulo Sérgio revelou-se muito mais eficaz que o losango de Paulo Bento e só por manifesta falta de sorte não construimos um triunfo claro.
    Falta de sorte e o Olegário cujo nome continua a rimar com "vigário".
    Creio que Targino fez mais uma excelente exibição (não lhe encontro a inconsequência que outras velhas guardas referem),que Desmarets está no seu lugar e que Douglas precisa de marcar para ganhar outra moral e outro ritmo.
    Os melhores:
    1)Flávio Meireles
    2)Moreno
    3)Nuno Assis.
    Mas Desmarets,Targino e Gustavo também cabiam neste lote.
    Uma nota final:
    Deu-me gozo, e foi muito bem feito,que o nosso justo golo fosse marcado em cima do final do jogo e quando umas centenas de "vitorinos" já tinham abandonado o estádio.
    "Vitorinos", porque os vitorianos acreditam e apoiam até ao fim.

     
  • Às 28 outubro, 2009 23:15 , Blogger Miguel disse...

    A equipa esteve a nível técnico, e psicológico ao nível que tem exigível, se é que queremos ir a Europa. Já o nível físico dificilmente nos levará, sequer ao meio da tabela. O treinador pecou pela lentidão de soluções. Da arbitragem, não vale a pena falar.
    Melhores:
    1- Nuno Assis
    2- Gustavo
    3- Flávio

     
  • Às 30 outubro, 2009 18:30 , Blogger N'Dinga disse...

    Caramba, Jeremias... lá vem a velha discussão... Hás-de dizer-me um, só te peço um lance, em todo, repito, todo o jogo, em que o Targino, após fintar ou fugir (com a sua prodigiosa velocidade) a meia equipa do "zborten", como fez dezenas de vezes na 1.ª parte e mais uma mão cheia na 2.ª, tenha feito uma de três coisas:
    a) centrado em condições de alguém aproveitar;
    b) passado correctamente a bola;
    c) rematado a menos de 5m da baliza...
    Se me encontrares um - só peço um - lance, em toda a partida, eu paro de lhe chamar inconsequente.
    Repito: faz-me lembrar o Dominguez... lembram-se? Fintava toda a gente e mais três adversários, em 1/2 metro, corria o campo todo, sem que alguém lhe tirasse a bola, mas, depois... mais nada.
    Os primeiros jogos da época indiciavam um acréscimo de maturidade, adquirida no estrangeiro - apesar daquelas 2 inacreditáveis perdidas de baliza aberta com a lampionagem, que ainda não esqueci, fruto da trapalhice que lhe é habitual no último terço. Dei-lhe, de coração aberto - acredita -, o benefício da dúvida (de resto escrevi isso aqui), mas constato que, infelizmente, está a voltar ao mesmo...
    É um poço de energia, corre que se farta, leva a bola até às imediações da área adversária com uma facilidade surpreendente, mas depois... zero, Jeremias... zero. Os lances morrem nos pés dele ou pelas linhas fora. Eu acho isto objectivo, mas posso estar a ver mal...

     
  • Às 01 novembro, 2009 16:25 , Blogger Saganowski disse...

    Não vou tecer grandes comentários sobre o jogo, mas...quem era aquela equipa de branco que deu um banho de bola à "Lagartagem" na primeira parte?????

    Gostei muito do que vi, mas na segunda parte, demos o estouro!!!

    Não vou entrar em grandes discussões mas acho que neste momento o Targino é, juntamente com o Nuno Assis, um dos melhores da equipa. Tem velocidade, tem garra, mas também concordo que lhe falta precisão no passe e no remate...mas a questão da precisão do passe e do remate não é exclusiva dele (basta ver o desacerto no remate de toda a equipa durante o jogo)! Felizmente isso treina-se e ele tem possibilidades para isso!

    De resto, concordo com o N'Dinga: "Assim está quase bem..."! Falta o "quase"...

    Os melhores:´

    Podiam ter sido muitos mais (Moreno, Gustavo, João Alves...) mas os 3 melhores são:

    1.Nuno Assis (palavras para quê?)
    2.Targino (pela velocidade e garra)
    3. Rui Miguel (pelo golo de "raiva")

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page