14.11.07

boavista-VITORIA

O jogo com esses tipinhos ainda vem longe mas podemos desde já manifestar duas preocupações.
Uma com o preço dos bilhetes (20 e 30 €) que considero carissimos para um jogo disputado numa 2ª feira á noite e com transmissão televisiva.
Eu bem sei que,graças a Deus e ao joao loureiro,eles estão falidos.
De tal forma que se espera que aquilo não tenha mesmo solução.
Mas parece-me mal termos de ser nós ,mais uma vez,a pagarmos a crise.
Segunda nota:a actual direcção do Vitória tem dado provas de que sabe mexer-se bem,a vários niveis,nos organismos dirigentes do nosso futebol.
Assim sendo,e mesmo não acreditando em bruxas ...que las hay,hay..",um olhinho atento ao controlo anti doping.
Muito atento mesmo.
É que os loureirinhos não só não ganharam um unico jogo como vão em velocidade acelarada para a Vitalis.
E nessa matéria temos de ser acelarador e não travão.
Saudações Vitorianas

publicada por Jeremias @ 11:19  

3 Comentários:

  • Às 14 novembro, 2007 12:05 , Blogger Pedro Mendes disse...

    Caro Decano,

    Vejo, pelo teor dos seus dois ultimos post, que nutre os mesmos sentimentos que eu acerca da equipa da rotunda!
    Aliás, qualquer Vitoriano que se preze, e que se lembre, por exemplo do que o fdp Alfredo fazia sempre que cá vinha, nao lhes pode desejar outra sorte, que não a extinção dessa agremiação e futura implosão do gamela que lhes pertence.
    Já agora, refira-se aqui, que em conversa com um grupo de amigos, combinamos que no dia em que isso acontecesse, em conjunto comprariamos um apartamento no ground zero do bessa, para exclusivamente ir lá obrar (ou cagar, em português corrente!
    Assim, e julgo que posso falar pelos meus comparsas, se alguma das nossas Velha Glórias se quiser juntar ao PPHabitação que pensamos negociar na banca, está à vontade.
    Quanto ao jogo, só interessa a vitória, de preferencia por numeros humilhantes!

    Saudações Vitorianas

     
  • Às 14 novembro, 2007 17:12 , Blogger Jeremias disse...

    Caro Pedro Mendes
    Isto de ser decano tem muito que se lhe diga.
    Nomeadamente em relação aos jogos com esses tabuleiros de xadrez ambulantes.
    Também me lembro,como é óbvio,das patifarias desse alfredo (e de outros )mas a memória vai mais atrás.
    A 1975 no célebre jogo em que honradamente queimamos o carro a um vigarista chamado antonio garrido.
    E acima de tudo á taça de Portugal que nos ROUBARAM na final de 1976 nas Antas.
    Estive lá e ainda recordo, como se tivesse sido ontem, que esse Garrido (como eram ingénuos os nossos dirigentes nesse tempo)nos ROUBOU três grandes penalidades.
    Uma sobre o Tito,outra sobre o Pedrinho e a mais escandalosa de que me lembro em campos de futebol sobre o Rui Lopes.
    Com um defesa a agarrar-lhe a camisola,outro a placá-lo e o guarda redes a imobilizar-lhe os pés.
    O Garrido de má memória mandou seguir o jogo.
    Eu estva por trás da baliza da grande áres em que a falta foi cometida e nunca a esquecerei.
    Por isso com aquela quadrilha quadriculada não quero nada.
    Rima e é verdade !

     
  • Às 15 novembro, 2007 01:22 , Blogger Saganowski disse...

    Goleada era bom, mas o que me dava mesmo mesmo mesmo mesmo mesmo gozo era ganhar 0-1:

    1º Com um golo no último lance, através de um canto

    2º Com um penalti descarado, roubadinho, daqueles mesmo de "roubo de igreja", nos descontos

    3º Com um golo em que a bola não tivesse entrado

    Aí sim, a coisa era mesmo boa...

    Bairro por bairro, prefiro os vermelhinhos de Paranhos...

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page