30.11.10

Naufrágio na Ilha

Despachemos o assunto mais depressa do que o Edgar falha golos feitos.
A derrota na Madeira,perante uma das mais fracas equipas do Maritimo de que me lembro,assenta em erros próprios e culpas alheias.
Estas ultimas residem ,essencialmente, num fiscal de linha chamado Braga, de Braga ,falta saber se do Braga que inventou uma grande penalidade onde nem falta havia.
O mesmo Xistra, que não vira flagrante penalty de Fucile sobre Edgar em jogo anterior, acreditou no seu auxiliar(?) e sancionou conforme a indicação dada.
Em termos de árbitro foi "só" isso.
O resto foram culpas próprias.
Uma defesa que defendeu mal e permitiu que as melhores oportunidades do jogo fossem dos insulares.
Um meio campo,desta vez sem Cléber e Edson (milagre?),lento , pouco esclarecido e incapaz de criar desiquilibrios ofensivos .
Um ataque...confrangedor!
Edgar precisa de 10 oportunidades para fazer um golo e João Ribeiro dá a sensação de estar em perda de forma.
Vendo-se a perder MM tirou um inoperante Pereirinha e fez entrar Toscano.
Que pouco tendo acrescentado ainda assim fez o remate vitoriano mais perigoso em todo o jogo.
Com 0-2 ao intervalo o Vitória apostou tudo nas substituições e trocou Rui Miguel e Flávio por Edson (não há sorte que dure sempre...) e Faouzi sem qualquer resultado positivo.
Targino, o homem da reviravolta de Alvalade,esse continuou sentado a ver o jogo.
E assim se perderam três pontos que eram de ganhar.
Os melhores:
1) Nilson. A jogar e a falar !
2)João Alves
3)Ricardo

publicada por Jeremias @ 23:38  

1 Comentários:

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page