19.2.10

Pimenta Machado dixit...

O Vitória é um filho. Tenho quatro filhas e o Vitória é um filho meu e, portanto, naturalmente tenho que olhar sempre para esse filho.
Jornal “A Bola”, a 30 Janeiro 2010
Indagado sobre as razões da sua desistência, PM respondeu:
As razões foram meramente familiares. A minha filha mais nova, a Joana Patrícia (ndr: irmã do seu outro filho, que é o seu clube), pôs muitas resistências e não foi possível. Gosto muito do meu clube (ndr: que é seu filho) mas acima do meu clube (ndr: que é seu filho) estão as minhas filhas (ndr: que sendo suas filhas, são também irmãs do outro filho, que é o clube).
Jornal de Notícias, a 18 Fevereiro 2010

Portanto, em resumo e a acreditar nas palavras do ex-futuro candidato a Presidente da Direcção do clube, a situação é assim: embora o clube seja filho de PM, tal como o são as suas quatro filhas, a verdade é que a vontade da mais nova se sobrepôs inequivocamente à por si alegada vontade de seu filho varão, que é o seu clube, o que pressupõe que o tratamento que PM dá aos seus cinco filhos não é perfeitamente equitativo. É assim como se o seu filho varão, o clube, fosse mais um enteado do que propriamente um filho... assim uma espécie de enteado varão... ou então, de filho enjeitado...

Etiquetas: , , , ,

publicada por Ibraim @ 15:16  

6 Comentários:

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page