1.5.08

AS IMPLICAÇÕES DA PRÓXIMA JORNADA.

Com a desilusão do último jogo ainda bem presente - nomeadamente com a postura revelada pelos jogadores Vitorianos, que não tiveram a atitude guerreira e ameaçadora que lhes era exigida no "jogo das suas vidas" - no próximo domingo, com os jogos em que se decidem posições todos à mesma hora, vai definir-se, quase a 100%, o campeonato.
Assim, quer a luta pela champions, como a luta Uefeira como, ainda, a da permanência vão ter na jornada 29 praticamente a sua decisão.
No que à nossa luta diz respeito - a do 2º lugar, como Cauda, e muito bem, referiu durante esta semana (já não era sem tempo que o "mister" acertasse uma!) - como os 3 candidatos jogam todos fora de portas e na última jornada jogam todos em casa, ainda por cima com adversários teoricamente acessiveis, vai ser no próximo domingo que tudo se vai, efectivamente, decidir.
Na jornada anterior o VITÓRIA foi bombardeado, primeiro pelos adversários directos e depois, a mando do "dono", pela comunicação social, com a "estória" do frete tripeiro.
Esta semana, passado que foi esse jogo, e com o resultado favorável às intenções dos "denunciantes caluniosos", os lamps jogam na Reboleira, contra uma equipa que não joga para nada, tem alguns meses de salários em atraso, e nada vi escrito ou dito na comunicação social sobre este jogo, nomeadamente sobre a atitude que os amadorenses vão ter em campo, se vão jogar os titulares, se têm sido aliciados com "prémios", se o jogo vai ser na reboleira ou noutro estádio qualquer, qual o preço dos bilhetes para esses jogo (cá estava uma boa oportunidade dos amadorenses, praticamente falidos, obterem uma fantástica receita através da desenfreada procura de bilhetes que se espera por parte dos benfiquista), etc, etc, etc.
Claro que sobre tudo isto nada foi falado durante esta semana, nem eu esperava que o fosse.
O que a mim me surpreende é que o VITÓRIA, dirigentes e treinadores, pelo menos até hoje, nada tenham dito sobre este(s) assunto(s).
Está na hora de deixarmos de ser os "anjinhos" que temos sido até aqui e, se não os podermos superar neste jogo absolutamente nojento, pelo menos que saibamos utilizar a mesma estratégia dos adversários.
Se nada for feito agora, mais tarde, quando o campeonato terminar, não vai valer de nada os lamentos.
É que oportunidade como a deste ano - conquista do 2º lugar - deficilmente voltaremos a ter nas próximas décadas.
Como ainda faltam 3 dias para os "jogos da época", está ha hora dos dirigentes e treinador Vitorianos jogarem "com tudo" e dessa forma tentarem equilibrar os pratos da balança que os jogadores, com a sua (falta) atitude, desiquilibraram em nosso desfavor no passado domingo.
Os quase 30.000 associados exigem-no!
Saudações Vitorianas.

publicada por CASCAVEL @ 15:38  

5 Comentários:

  • Às 02 maio, 2008 10:55 , Blogger Jeremias disse...

    Este comentário foi removido pelo autor.

     
  • Às 02 maio, 2008 10:58 , Blogger Jeremias disse...

    Eu não tenho nenhuma duvida em afirmar que o slb é dirigido pelo sujeito mais rasca do futebol portugues.
    E por isso,como a gestão desportiva dele é o fracasso que se conhece,tem de ir por outros caminhos.
    Bem á medida do ordinário que é !
    Que infelizmente tem uma imprensa quase toda disposta a servir de caixa de ressonância.
    E como ainda me lembro como os "rosinhas" evitaram ser eliminados na reboleira ,da taça da liga,por um disparate arbitral que nem comentários merece...temo o pior.E ás preocupações justificadas do CASCAVEL ainda junto uma desconfiança:vamos ver,muito em função deste resultado,quantos jogadores do slb vão ser emprestados na proxima época ao Amadora.
    Porque aqui não pode o salafrário do vieira aplicar as tácticas jorge ribeiro e ruben amorim.
    só se quiser o helder cabral para o lugar do leo e o vitor moreno do nélson.
    com o gestor vieira tudo é possivel...
    Concluindo:temos de ganhar no restelo.
    Caso contrário...morremos na praia.

     
  • Às 02 maio, 2008 21:30 , Blogger mágicoruicosta disse...

    Numa primeira abordagem terei que vos confessar que este blog de facto sempre primou pela excelência, por uma tendenciosa, mas agradável análise futebolística e fez de mim até um fã da febre que aos meus olhos invade as gentes de guimarães! Por esse motivo, o Guimarães deve se orgulhar da força e inteligência dos seus adeptos, neste caso, de vocês.
    Mas há limites: os valiosos escritores deste blog estão a caír num "vieirismo" k a mim pp me incomoda. Agora é tudo contra o guimarães, e são os jornais, os árbitros, os faquirás, enfim já questionam tudo e todos! É SÓ TEORIAS DA CONSPIRAÇÃO!
    Quando o guimarães teve algumas benecesses, quando o benfica foi prejudicado, sp diseram k tudo tava bem...pois agora disparam e disparatam pa todo lado! Porquê?? Em que foi o guimarães prejudicado e o benfica favorecido? Factos!!!
    Há que ser grande quando se ganha e mais ainda quando se perde! Para vocês, na generalidade, o benfica é o culpado de tudo, e não olham por exemplo para um sporting que tem sido levado ao colinho!!! Coitado do Vieira, n assusta ninguém, o Pcosta continua rei e senhor...mas pra vocês iso é já tão normal k nem contestam...enfim...com o salazar tb já ng contestava (com as devidas diferenças obviamente...refiro-me iso sim um pouco ao estado de impunidd) E o caso da descida do vitória e dos aliciamentos do Baidek?! Falem!! Sabem com quem ele está sempre não sabem?! Pois não vale a pena..há gente imune!!!Triste país, mais parece a Sicília...
    E mesmo o Guimarães teve vários jogos beneficiado e voces sp argumentaram que no final as contas dariam um equilibrio...
    Gosto do guimarães, está a fazer uma grande época, mas se não xegar lá nao culpem tudo e todos...culpem as limitações naturais de um clube como o vosso!
    Da minha parte dou vos os parabéns pelo blog, pelo clube, mas um pedido par4a que não caiam nos irritantes queixumes que outros infelizmente teimam em prosseguir lá pós lados da 2ª circular!

     
  • Às 03 maio, 2008 10:59 , Blogger Paquito disse...

    Meu caro "mágicoruicosta":

    Reconheço-te, parcialmente, alguma razão.
    De facto neste últimos tempos, temos procurado justificações exógenas (ring a bell?) ao Vitória para os nossos insucessos. O que, convenhamos, aparte o racionalismo por que tentamos pugnar por estas bandas, é perfeitamente compreensível atento o feliz irracionalismo que caracteriza a paixão futebolística.
    Ou seja, isto é daqueles temas em que, quem sente, por mt que tente, não consegue ser racional... e essa é, para mim, a magia do futebol. Das poucas coisas na vida que nos faz ter posturas e atitudes que nunca teríamos em muitas outras circunstâncias da nossa vida.

    E por isso, neste "blog do vitorianos", deixa lá a malta desabafar à vontade porque também temos direito.
    E também porque a nós, vitorianos, só nos resta desabafar em blogs e sites (que temos aos pontapés) porque como somos um clube não sediado em Lisboa ou Porto, não há ninguém que nos defenda, que defenda os nossos pontos de vistas, na imprensa desportiva.
    Portanto que diabo, se nem aqui pudermos desabafar ficamos agarrados a uma mordaça o resto das vidas...

    Outra coisa é o que nos distingue.
    Não leves a mal mas, sem ter nenhuma simpatia por nenhum dos 3 grandes (como a imensa maioria dos restantes vitorianos), quanto mais reflicto sobre o fenómeno futebolístico mais abomino o benfica.
    Nada de particular, apenas pq acho que o facto de um clube, num país, conseguir ter (alegadamente) 60% da população como adepta é um quisto que limita e impede o crescimento do futebol português.
    O crescimento dos clubes de todas as cidades médias portuguesas, que não crescem por nessas cidades haver mt mais adeptos dos 3 grandes do que do clube da terra.
    Em suma, fossem todas as cidades como Guimarães e certamente, teríamos um campeonato muito mais competitivo, muito mais interessante, muito mais disputado.
    Provavelmente os 3 grandes continuariam a ser os maiores, mas ganhariam menos campeonatos mas necessitariam de ser mais fortes para os ganhar, o que significa mais competitivos em termos europeus.
    Claro que isto não é exclusivo do Benfica, mas relativo aos 3 grandes. Só que o Benfica é o principal culpado disto pq tem uma implantação claramente superior aos outros.

    Agora poderás perguntar: que culpa tem o Benfica disto?
    Realmente não tem nenhuma.
    Culpa tem o parolismo nacional, este país em que somos todos contra o centralismo mas veneramos as instituições da grande capital, mesmo que sejamos de Freixo de Espada à Cinta e ainda nunca tenhamos visto sequer o mar, quanto mais o Estádio da Luz.
    Este sim foi o país que herdamos do salazarismo. Aquele país que fez o teu clube ser o que é, uma instituição um tanto bacoca, ingovernável, apenas agarrado ao passado, que se parece muito com o Estado, ao nível desportivo.

    De facto, apesar do Vitória poder vir a perder com isso, sonho com o dia em que este meu país possa ter pelo menos 6/8 clubes campeões nacionais (como em Espanha, Inglaterra, Itália, França, Alemanha, enfim, o futebol moderno por todo o lado), no dia em que as pessoas olhem para os clubes das suas terras, como olham para a selecção nacional, isto é, se não faz sentido a um português torcer pela selecção espanhola, que sentido faz um viamaranense torcer por uma instituição de lisboa ou porto?

    Por isso meu caro e terminando porque o que pretendia ser uma simples resposta tornou-se num desabafo, dir-te-ia tão somente que, para nós, este é o ano das nossas vidas.
    Para vós é mais um igual aos outros.
    Mais um fracasso a juntar aos anteriores, no qual lutam desesperadamente pelo "mal menor".
    Agora nós temos uma oportunidade de alcançar um patamar de evolução desportiva (pelo encaixe financeiro excepcional que asseguraríamos) que doutra forma nunca alcançaremos, a equipa do Vitória será mt diferente se ficarmos em 2º, ou em qq uma das outras posições que disputamos, enquanto que para benfica e sporting, o investimento na próxima época será sensivelmente o mesmo, independentemente da classificação.
    E essa circunstância, essa possibilidade do Vitória dar o salto, é além do mais, creio, importante para o futebol português, que se tornará mais interessante pq mais competitivo, com mais um clube com hipóteses de "ombrear" com os grandes, E julgo que todos reconhecemos que se há clube em Portugal que tem esse potencial, esse clube é o Vitória.

    É por isso que, racionalismo à parte, dói ver que estamos quase lá, e temos sido objecto de uma campanha nojenta, com anuência e ampla participação da imprensa desportiva, no sentido de nos derrubar mesmo ao cair do pano.

    E isso, para quem como nós, joga a época da sua vida, dói muito.

    E já que não temos voz em foruns ou imprensa nacionais, deixa-nos desabafar aqui à vontade.

     
  • Às 03 maio, 2008 17:25 , Blogger CASCAVEL disse...

    Meu caro "magicoruicosta",
    Toda a gente que por aqui aparece com respeito e educação, ainda que com opinião contrástias às nossas, é sempre bem recebido como, de resto, é apanágio dos Vimaranenses.
    Agora quando aparecem por cá "vitinhos", com uma tremeda falta de educação, tem o tratamneto que é devidos aos idiotas.
    Isto posto, passemos ao essêncial.
    Eu, como pelos vistos você, também abomino todo o tipo de suspeitas e insinuações que, infelizmente, tanto estão em voga no nosso futebol.
    A comprovar isso mesmo está o meu post onde refiro este tipo de "jogadas" como "absolutamente nojentas".
    Agora, fará o favor de me fazer justiça se considerar que o meu clube - dirigentes, jogadores e treinadores - nada fez, como continua a nada fazer, para que isto assim seja.
    Quem lançou estas suspeitas, altamente caluniosas, antes da jornada da passada semana? Fomos nós, ou foram, em primeira instância os profissionais do seu clube e do clube "do outro lado da circular" e, posteriormente, como que seguindo instruções do dono, os jornalistas e "paineleiros" que abundam por este país????
    Sobre isto parece-me que nenhuma dúvida pode haver.
    Eu, já aqui o escrevi várias vezes, detesto as "equipas grandes". Todas por igual.
    Este meu sentimento não tem que ver com um capricho qualquer, resulta de sucessivos anos em que o VITÓRIA (o meu clube de sempre) tem sido amplamente prejudicado em jogos disputados contra os, como por cá se diz, "3 estarolas".
    E já lá vão quase QUARENTA ANOS a ver mais do mesmo. É muito ano, não lhe parece?
    Em Guimarães e fora do "Berço", no início e fim dos campeonatos, quando temos boas equipas ou equipas miseráveis, no campeonato ou na Taça de Portugal!
    A título exemplificativo, já vi o meu clube perder com golos em fora de jogo, através de penaltys resultantes de faltas cometidos fora da área, com explusões inacreditáveis e por aí fora.....
    Com tudo isto, como pode o meu sentimento contra estes clubes não ser este?
    Claro que para vocês, que habitualemnte fazem a contabilidade do campeonato apenas a "três, estes prejuízos não têm significado.
    Para vocês, adeptos dos clubes em causa, como para os jornalistas e "paineleiros", só há "3", tudo o resto apenas serve para fazer número e para que o campeonato dure 10 meses.
    E esta "ideia" é passada todos os dias e a todas as horas nas tv´s, rádios e jornais.
    Chega a ser ridiculo, tamanho é o destaque!
    E, a bem da verdade, este é o sentimento que grassa por este país fora, do minho ao algarve (Guimarães à parte, felizmente!) onde toda a gente só quer saber do porto, benfica ou sporting.
    Este situacionismo, como refere com toda a propriedade o PAQUITO, reflete-se por influência da comunicação social que faz este jogo há muitos anos, para mim há demasiados, daí a minha saturação com tudo isto. Por ex. onde está um Vitoriano (e já agora dos ourros clubes) no "trio de ataque", no "dia seguinte", como "senador na Bola",....?????
    Tenho esperança - é sempre a última a morrer, lá diz o ditado - que isto um dia termine e então sim, em igualdade de circunstâncias, todos teremos as mesmas condições para conquistar os titulos como, de resto, acontece por essa Europa fora, onde os campeonatos são disputados com toda a lisura e onde TODOS os participantes merecem igualdade de tratamento quer por parte da comunicação social, quer pelos árbitros, como pelos regulamentos, do primeiro ao último minuto da competição.
    E, no final, porque é assim que deve ser (com fair-play), todos aplaudem os vencedores e respeitam com enorme dignidade os vencidos.
    Nesses campeonatos ganham os melhores e os prevaricadores, grandes ou pequenos, são punidos todos na mesma medida.
    Aqui não, ganham sempre os mesmos (os 3 do costume) e a "batota" está ao passar de cada esquina, ano após ano.
    Acha que tudo isto não passam de "queixinhas" ou, pelo contrário, são motivos mais do que suficientes para que também nós, neste ano que pode ser decisivo para o nosso futuro, denunciemos todas estas situações que nos têm prejudicado?
    Um abraço da cidade do Rei e apareça mais vezes.
    Saudações Vitorianas.

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page