18.9.07

Ora aí vão 8 meses sem perder!

Mas, mais importante do que isso, aí fica a primeira vitória na BWin Liga esta época!
O jogo foi fraquinho, mas lá teve uns momentos de boa troca de bola e alguma emoção. Foi, também, por motivos vários, o primeiro que pude assistir ao vivo, desde o início da época.

Achei o nosso futebol um pouco desgarrado, ficou a sensação de equipa "arrumadinha", mas não mais do que isso, sobretudo enquanto o Nacional teve 11 em campo. É pouco, é necessário algo mais.

Na baliza
, Nilson, assinou mais uma excelente exibição. Esteve forte, corajoso, dono dos ares, lesto, atento e felino. Voltou a manifestar um bom jogo de pés (acertou mais passes longos que muita gente do meio-campo, na primeira parte). Fez um par de defesas excelentes, uma delas soberba mesmo e foi, apesar da superioridade evidenciada pela equipa, o maior garante da vitória que alcançamos.

No eixo da defesa
, ontem, houve algumas coisas que não são habituais... a primeira parte, sobretudo, de Geromel foi, no mínimo bizarra... demasiados erros para o patrão que sabemos que é, na segunda melhorou algo, mas não muito... algumas das melhores intervenções que teve no jogo, foram para "safar" erros próprios. Foi, estou certo, uma noite desigual. Sereno esteve mais calmo e seguro.

Nas laterais
... bom.. de Andrezinho pode dizer-se foi competente, mas não mais. Espero que esteja ainda à procura da sua melhor forma, porque isto não chega. Acabou o jogo em sacrifício, sempre sem comprometer e a dar o que tinha, pelo que merece uma nota positiva. Um jogador é também o seu carácter. Luciano... ainda não percebi se vai ser sempre esta inconstância, alternando momentos positivos com os miseráveis, aqueles mais a atacar, estes mais a defender... ou se é um bom jogador que ainda está, também ele, à procura do seu melhor. Espero que seja isso. Aqui e ali um bom apontamento, sobretudo naquele remate na primeira parte. Para central, meu caro, deve procurar-se a linha de fundo...

No miolo, Flávio estava a fazer umas das suas mais conseguidas exibições, quando foi sacrificado pelo Mister, em prol de uma atitude mais ofensiva. Uma exibição coerente, impositiva, como lhe é hábito, mas também menos faltosa. Gostei sinceramente. João Alves e Ghilas estão muitos furos abaixo daquilo que sabemos que podem e devem fazer. Muitos passes falhados, calma em excesso do primeiro, algum atabalhoamento do segundo e quase nenhuma ambição atacante na primeira parte. Na segunda, João Alves subiu mais no campo e claramente de rendimento, contribuindo com acerto no passe e entrega ao jogo, para o encostar do adversário às cordas que culminou no golo de Targino. Espero que ambos subam de rendimento rapidamente, mais urgente e necessário, no caso de Ghilas.

Nas alas, a noite foi, apenas competente. Sem brilharem, Carlitos e Fajardo estiveram em bom plano, embora se note que Carlitos não é já o jogador de outrora, é um bom profissional. Lutou muito, foi objectivo e esteve em bom plano, enquanto teve força, mas pareceu-me não estar no seu melhor fisicamente. Faltou-lhe a força na fase final e, com ela, a capacidade de desiquilíbrio. Um jogo consistente. Fajardo está num excelente momento de forma, isso é claro, e é um belíssimo jogador. Parece-me render menos na ala do que poderia fazer no centro, numa posição de "anchor man". Acho que é mais um n.º 8 do que um 7 ou um 11. Teve momentos de rasgo individual, rematou, desiquilibrou e dividiu, com Nilson, o título de homem mais calmo e ponderado em campo.

Na ponta da lança, há algo que não joga certo. Miljan luta imenso, segura a bola, vem buscar jogo atrás e às alas, demonstra bons pés e uma cabeça a condizer, mas... continua sem marcar. Ontem foi mais azar do que erros próprios (apesar da oportunidade perdida no coração da área, na primeira parte). Parece-me que basta quebrar o enguiço, para se soltar. Venha esse primeiro golo, depressa.

As substituições correram, em geral, bem a Manuel "O Santo" Cajuda. Desmarets, se não revolucionou o jogo, mudou muita coisa no miolo, logo à entrada, o que é natural, é um jogador de maiores recursos técnicos do que Flávio, ataca mais e esteve bem a defender. Quando deslocado para o lado esquerdo, em missão de lateral, não só não comprometeu, como ajudou a dar corpo ao ataque. Targino, como sempre que entra, dá um novo fôlego à equipa. Apesar de algumas atabalhoadices, a que já nos habituámos, correu muito, lutou mais, virou-se sempre para a baliza e, quando a pôde alvejar sem oposição (fruto de se ter desembaraçado dela) marcou um belíssimo golo. Alguém, na bancada, atrás de mim, dizia, com humor, que "é o nosso Mantorras", concordo pela empatia do público com o rapaz. Está de parabéns. Felipe é que não se percebeu... mal tocou na bola, pareceu distante, passou ao lado do jogo... na verdade, esteve tão apagado que nem sei bem o que escrever.


Os meus três melhores:

1 Nilson
2 Fajardo
3 Targino

publicada por N'Dinga @ 10:58  

7 Comentários:

  • Às 18 setembro, 2007 12:33 , Blogger Gregório Freixo disse...

    Subscrevendo as palavras do "zairense de serviço", aí vão as minhas votações:

    1. Nilson (decisivo com duas defesas "do outro mundo").
    2. Desmarets (que imprimiu, sobretudo na 2ª parte, uma velocidade estonteante ao nosso jogo).
    3. Targino (pelo golaço).

     
  • Às 18 setembro, 2007 12:56 , Blogger Capucho disse...

    1- Desmarets;
    2- Nilson ( ou Nilsson?);
    3- Targino (ou Tarjino? - aqui o zairense de serviço enganou-me mais, porque no texto - excelente, em abono da verdade! - acerta no ponto "g" e na classificação lhe apõe o gancho "jota").

     
  • Às 18 setembro, 2007 14:29 , Blogger Saganowski disse...

    Tal como quase todos os vitorianos, aguardava com grande curiosidade este jogo, pois seria o primeiro que veria em casa, esta época. E em relação a isso, deixem-me que vos diga que não compreendo estas calendarizações, mas isso...fica para outras "calendas"...

    Em relação ao jogo, não gostei e que me parece que se o Nacional tivesse jogado sempre com 11, a história poderia ter sido bem diferente!

    Mas nestas coisas o que vale são os golos e a nossa equipa marcou 2 (sim, porque para mim, um foi mal anulado!)!!!

    O Targino provou mais uma vez que é necessário apostar mais nele, tanto pela velocidade como pela capacidade de surpreender e rematar que ele mostrou!

    O Mrdakovic trabalhou bem, mas sempre muito só lá na frente, daí que há que rever o esquema, para ele ter mais apoio, pois é um avançado que joga também de costas para a baliza. Cajuda percebeu isso, colocando Felipe, mas parece-me que tarde de mais.

    E os pontos vão para:

    1º “Professor” Fajardo (pela regularidade e vontade de levar tudo para a frente, mas com cabeça)
    2º “Patrão” Geromel (pela consistência, segurança, por corrigir erros dos colegas…e também os seus)
    3º Targino (pelo que trouxe de novo à equipa e pelo golão de “raiva” que marcou! O puto merece jogar mais!!!)



    E já lá vão 30 jogos sem perder!!!

     
  • Às 18 setembro, 2007 19:00 , Blogger N'Dinga disse...

    Já está corrigido... no texto estava bem, depois, eventualmente pela pressa em terminar, saiu com dois "ésses" e com "jota"...

    Obrigado, Capucho!

     
  • Às 18 setembro, 2007 22:13 , Blogger Paquito disse...

    As minhas votações:

    1º Fajardo (há algum tempo que não tínhamos um jogador assim)
    2º Desmarets (julgo que a sua entrada pôs as alas em andamento; ganhamos um lateral esquerdo em situação ofensiva, como já tínhamos visto no Leixões)
    3º Targino (só mesmo pelo golo, que foi de facto um golaço e decidiu a partida; de resto esteve a libelinha dos costume, tendo sido até o pior jogo dele desta época)

     
  • Às 20 setembro, 2007 14:44 , Blogger Tito71-78 disse...

    Devo dizer que não gostei do jogo, mas é preferivel ganhar e jogar mal do que jogar bem e perder!!!
    Jogadores como Geromel, Fajardo, Carlitos e João Alves estiverem, na minha opinião uns furos abaixo do que podem fazer.
    São jogadores que já provaram ter potencialidade para mais.
    Fica o resultado positivo e é preciso ganhar amanhã à Naval!
    As minha votações:
    1-Desmarets (desde que entrou mexeu com as alas e foi sempre o jogador mais esclarecido dentro de campo).
    2-Nilson (2 defesas do outro mundo!)
    3- Radanovic (como não entrou não atrapalhou nem foi expulso).
    Saudações Vitorianas

     
  • Às 22 setembro, 2007 18:01 , Blogger Gregório Freixo disse...

    Fechadas as votações:
    1º - Nilson - 16 pontos
    2º - Fajardo - 14 pontos
    3º - Desmarets - 12 pontos

    Na geral:

    Fajardo - 9
    Nilson - 7
    Geromel - 5
    Carlitos - 2
    Desmarets - 1

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page