7.3.10

O dom da palavra...

Ao fim destes primeiros dias de campanha, ficou bem evidente uma incontornável realidade que, não sendo de todo em todo a mais desejável, é a nossa: o dom da palavra não é definitivamente uma das virtudes de qualquer um dos dois candidatos. Mas, ao contrário de Emílio Macedo (EMS), Manuel Pinto Brasil (MPB) dá indícios de ter a humildade e o bom senso suficientes para contornar a situação, delegando em Luís Cirilo (LC), o seu Vice-Presidente mais mediático, a tarefa da comunicação.

Da lista B, apenas se conhece a voz de EMS que, em circunstância alguma, delega essa incumbência em quem quer que seja.

Assunção da responsabilidade ou vaidade? Não sei… mas desconfio.

Claro que durante uma campanha eleitoral, essa delegação não poderia nem deveria ser feita, pois seria imediatamente considerada pela parte contrária como uma fraqueza inaceitável. Aquilo que se espera de um candidato à Presidência da Direcção, é que dê o peito às balas. Nem poderia ser de outra forma.

Mas após as eleições, é fundamental que quem der a cara pelo clube, o faça com desenvoltura.

Para consumo interno, o mais importante é sem dúvida a capacidade de gestão e de liderança, a honestidade e a dedicação. É muito mais importante o conteúdo do que propriamente a forma.

Mas, para consumo externo, a necessidade da forma ganha outras dimensões. Para que o Vitória se possa afirmar e fazer respeitar a nível nacional, para ter a credibilidade que todos nós queremos e ambicionamos, a questão da oratória não pode ser considerada como um assunto de somenos importância. Para consumo externo, é necessário um discurso fluente e acima de tudo eloquente, coisa que nenhum dos dois candidatos possui.

EMS, ao longo destes três anos, já deu mostras de considerar que isso não é suficientemente importante para merecer a sua atenção. EMS nunca teve sequer a preocupação de apoiar os seus discursos num suporte escrito.

De MPB, ainda vimos muito pouco, mas o facto de ter sido LC a ler o comunicado de reacção à recusa de cedência das instalações do estádio para a cerimónia de apresentação da lista A, pode muito bem ser um óptimo augúrio. Esperemos que assim seja, se for esta lista a vencedora.

Mas se for EMS a vencer, que estas palavras possam servir para o fazer meditar sobre o assunto. Na verdade, bastar-lhe-á procurar na sua própria lista. Mas, se por acaso não encontrar ninguém à altura dessa função, poderá sempre optar pela contratação de um Director de Comunicação, esperando-se que desta feita seja um pouco mais criterioso na sua escolha…


Etiquetas: , , , ,

publicada por Ibraim @ 00:10  

2 Comentários:

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page