22.7.10

Os Equipamentos

Todos os anos, por esta altura,vem á baila os equipamentos do nosso Vitória.
Esta época, com mais uma "Lacatonizada" á vista, importará dizer duas ou três coisas.
A importância da venda de equipamentos para adultos e crianças tem um peso cada vez maior no orçamento dos clubes que olham para o marketing e merchandising como uma importante fonte de receita e não apenas como uma maçada que é preciso cumprir porque senão os sócios chateiam-se.
O Vitória já foi equipado por grandes marcas:
Adidas,Umbro, Le Coq Sportif, John Smith,Kappa essencialmente.
Com grande pena minha a Nike ainda por cá não apareceu nem é previsivel que tão cedo apareça.
Mas as anteriormente citadas, especialmente adidas e john smith, fizeram alguns dos mais bonitos equipamentos que os jogadores do nosso clube envergaram ao longo da sua história.
Recordarei sempre os três equipamentos da john smith que globalmente terão dado azo ao ano em que o Vitória vestiu melhor desde que me lembro.
A actual direcção, com a tendência de nivelar por baixo (e não exclusivamente nos equipamentos !) que a caracteriza,optou pela Lacatoni que não é propriamente uma marca de referência a nivel nacional ou europeu.
Vende a toda a gente.
E a mim aborrece-me ver o Vitória usar equipamentos vulgares,sem ponta de criatividade, fáceis de encontrar nos escalões inferiores dos nossos campeonatos.
Este ano,nessa matéria,parece que batemos no fundo.
Quer no design que parece dos anos 70 quer no conceito.
Equipamento principal é o branco (mal estavamos...) com duas listas verticais pretas junto ao ombro esquerdo, e o segundo equipamento é preto com duas listas verticais brancas no mesmo sitio.
Hoje,nos clubes modernos,ninguém simplifica tanto.
Porque não vende.
Terceiro equipamento parece que este ano não há com o argumento de que não se vende.
A questão é que os adeptos só compram se a equipa usar.
Há dois anos a camisola roxa (vá lá alguma inovação) vendeu-se pouco porque foi usada uma vez na época toda.
Assim sendo,e vez de inovarem,preferiram suprimir.
Uma pobreza confrangedora.
Porque esta forma de olhar para os equipamentos e para a marca que os fornece demonstra bem a forma de entender o Vitória por parte de quem o dirige.
Pouco ambiciosa,pouco visionária,pouco moderna.
Estamos mais preocupados em não ser apanhados pelos que vem atrás do que em apanharmos os que vão á nossa frente!
E assim não vamos a lado nenhum.

publicada por Jeremias @ 20:08  

5 Comentários:

  • Às 23 julho, 2010 12:08 , Blogger Pedro Mendes disse...

    Concordo! Os equipamentos são cada vez mais foleirotes, é por isso que ninguém os compra. Mas como diz o Jeremias, acompanham as ideias de quem lidera o Vitória.
    Também gostei muito dos da Kappa, mas são da era Vítor Magalhães, por isso não devem contar ;-).
    Da Adidas guardo um, do Edmilson, com Bayer à frente, talvez o equipamento que mais se coadunava com a grandeza do nosso clube: Grande marca, grande patrocinador para um grande símbolo.
    Também concordo que os da John Smith foram dos mais bonitos, agora comparar essa marca com as outras... Estava ao nível da Lacatoni, só que era espanhola, talvez por isso seria melhor...
    Já agora, é impressão minha ou a época passada, talvez um pouco antes das eleições o Vitória rompeu o contrato com a Lacatoni? Aliás, para além de serem feias, aquelas camisolas devem pesar o dobro no fim do jogo, e isso, está mais que provado que tem influencia no desempenho dos atletas.

    http://vitoriasempre.net/main/futebol/futebol-profissional/1752-lacatoni-vai-deixar-de-equipar-vitoria

     
  • Às 23 julho, 2010 12:51 , Blogger ADEMIR ALCANTARA disse...

    A imagem do clube tem claramente um défice de representatividade, que é o que de pior estes estes actuais Corpos Gerentes trouxeram para o clube.

    Se quiserem dar uma vista de olhos em equipamentos bonitos vejam isto: http://www.maisfutebol.iol.pt/horas-vagas/votacao-escolha-equipamento-bonito-futebol-maisfutebol/1096290-1478.html


    E para finalizar, concordo com o Pedro Mendes, os equipamentos também ajudam a ganhar jogos. (Não é só o peso psicológico dos "jerseys", é a funcionalidade da malha.).
    Para esclarecimentos sobre têxteis técnicos e funcionais, podeis contar sempre com este vosso Amigo, que esgalha todos os dias nessa àrea.

    Abraços e,
    VIVA O VITÓRIA!!!

     
  • Às 24 julho, 2010 00:38 , Blogger Jeremias disse...

    Três notas caro PEDRO MENDES:
    Eu mencionei a Kappa no post. O facto de terem sido do tempo de Vitor Magalhaes não lhes retira mérito.
    E o próprio V.M. teve mérito em algumas coisas. Pelo menos esforçava-se por contratar bons jogadores.
    Concordo inteiramente quanto á trilogia Vitória/Adidas/Bayer. Creio que aí atingimos o nosso máximo. E era um excelente contrato publicitário.
    Para além disso os equipamentos eram muito bonitos.
    A John Smith é uma marca ao nivel das melhores com excepção da Nike e da Adidas. OS equipamentos eram de boa qualidade e muito bonitos.
    QUanto á Lacatoni é melhor nem falarmos...
    Aquelas camisolas são a nossa (DOS SÓCIOS) vergonha.
    A todos os niveis.
    Caro ADEMIR:
    Depois de seguir o link que recomendaste ainda tenho mais vergonha dos equipamentos que usamos.
    A qualidade é uma desgraça. o design igual. Ao menos podiam copiar os bons exemplos.
    Mas nem para isso dão!

     
  • Às 24 julho, 2010 10:16 , Blogger Ibraim disse...

    De facto, os nossos equipamentos deste ano são de um mau gosto que já há muito tempo (felizmente)não via.
    O mesmo já não poderei dizer dos do ano passado, que até nem os achava assim tão mal. O problema era mesmo a falta de qualidade.
    Em relação à existência de um terceiro equipamento, claro que concordo que ele deveria existir, mas para que tal se justificasse, seria necessário que houvesse uma tal de estratégia global, que passasse pela utilização frequente dessas camisolas pela equipa principal. E até nem seria difícil fazê-lo se optassem, como já li algures, por as utilizar numa das três competições nacionais, que poderia muito bem ser a Taça da Liga. Mas para isso seria necessário que a Direcção compreendesse o conceito de "estratégia".
    Quanto àquele link dos equipamentos, Ademir e Jeremias, é bem verdade que a maioria tem um design lindíssimo, concepções muito felizes, mas também é verdade que há por lá alguns de um mau gosto atroz, ainda piores do que este que nos impingiram este ano ;-)

     
  • Às 24 julho, 2010 12:11 , Blogger Pedro Mendes disse...

    Caro JEREMIAS,

    Expressei-me mal, não queria dizer que não tinha referido a Kappa, queria realçar que na minha opinião foi um dos mais bonitos. Fica o reparo.
    Relativamente à John Smith deixo este link:

    http://www.johnsmithsport.com/web/html/sponsors.php

    Segundo me recordo a John Smith aparece na altura, por ligações ao Futre. Estavam a apostar forte na liga espanhola, queriam entrar no mercado português e, obviamente, o Vitória seria uma das melhores portas. Agora que aquilo é uma marca quase desconhecida em Espanha, acredite que é.
    Isto para dizer que o verdadeiro problema, na minha opinião, não é a Lacatoni, é mesmo o péssimo design e a má qualidade dos materiais.

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page