14.6.08

DO QUE SE VAI SABENDO.

Numa altura em que as atenções dos adeptos do futebol estão viradas para o Euro 2008 - onde Portugal está a ter um desempenho absolutamente extraordinário - e, também, para a decisão (que parece nunca mais ter um fim) sobre se o VITÓRIA vai jogar nas "champions" directa ou disputar a pré-eliminatória de acesso à competição, vão surgindo algumas novidades sobre a composição do plantel Vitoriano para a época 2008/2009.
Do que se sabe, até à data, é que já estão contratados 3 jogadoeres, a saber: Lionn, jovem Brasileiro proveniente do Torreense e que joga a lateral direito e Gregory e Wênio, que chegam do Marítimo e são, respectivamente, defesa central e médio centro.
Segundo ouvi dizer (através de fonte credível) na próxima segunda feira, em princípio, serão anunciados mais 2 jogadores (não sei quem são, as respectivas proveniências e muito menos que posições ocupam dentro do campo) e, se assim for, o plantel, sem haver grandes alaridos (como, aliás, é desejável) vai ganhando forma.
Os jogadores até agora contratados merecem, da minha parte, a seguinte opinião.
Do primeiro, porque nunca o vi jogar, não tenho qualquer opinião.
Sobre os ex. Madeirense penso que o Brasileiro é melhor jogador do que o Francês. Sobre este a ideia que tenho é que se trata de um defesa central forte, pouco técnico e que, de quando em vez, marca uns golitos em lances de bola parada. O médio Brasileiro perece-me claramente melhor aquisição. Ao contrário do que tenho lido e ouvido, penso que é mais um nº8, que um "trinco" e, por isso, penso que será mais uma alternativa a J. Alves do que o Flávio o que, bem vistas as coisas, faz todo o sentido já que para o lugar do Capitão a alternativa (boa) já existe no plantel: chama-se Moreno.
De saída, segundo parece e por razões diferenciadas, estão o Ghilas, Radanovic, M. Martins, Filipe e Targino e encaminhadas estarão o Mrdakovic e o Alan.
Por outro lado há os casos dos defesas centrais Geromel e Sereno que, em principio, também deverão sair do plantel o que, a confirmar-se, por um lado irá fragilizar sobremaneira o plantel, mas por outro permitirá a obtenção de um significativo encaixe financeiro o que, mesmo com o tal "juízo" que o mister fala, possa permitir adquirir alguns bons jogadores.
Aqui chegados parece que ficam a faltar 1/2 defesas centrais e gente para a frente: pelo menos um ponta de lança, dois extremos e um nº10 serão necessários ao plantel.
Há que aguardar mais 2 semanas para que, em termos definitivos, possámos ter uma ideia mais real sobre o verdadeiro valor que o plantel Vitoriano vai ter na próxima temporada, num ano em que, depois do brilharete da temporada passada, por razões óbvias, vai ser muito mais complicado para o VITÓRIA.
O que se deseja é que, pelo menos, corra de forma semelhante ao que terminou e, de preferência, com a participação, directa ou através da pre eliminatória, na "champions league 2008/2009". As estrelas e a "musiquinha" não me saem da cabeça e do ouvido.
Saudações Vitorianas.

publicada por CASCAVEL @ 15:19  

1 Comentários:

  • Às 14 junho, 2008 23:35 , Blogger Gregório Freixo disse...

    Apreciação aos três reforços:
    Lionn, puto brasileiro descoberto no Torreense: a total incógnita. Resta-nos esperar que os nossos olheiros não se tenham enganado.
    Gregory, o meu homónimo afrancesado: um bom reforço, em minha opinião. Num estilo totalmente oposto aos centrais que este ano pegaram de estaca, é muito forte fisicamente, com bom jogo de cabeça e especialista em bolas paradas.
    Wénio, o trinco oxigenado que também vem da Madeira: parece-me igualmente um bom reforço. De há anos a esta parte que aprecio este jogador. O facto de ter tido uma má época o ano passado não apaga a sua qualidade.

    Quanto ao resto, ao que falta vir, depende muito de quem se vá embora.
    Neste momento, estará a faltar um extremo esquerdo, posição em que não temos ninguém (embora o Desmarets possa fazer uma perninha), um nº 8, "à Ghilas", e dois avançados "a sério".
    Claro que se se confirmar que o Alan e um (ou dois) dos centrais vão embora, terá de vir mais gente.
    Há que aguardar com serenidade e esperar que as coisas aconteçam como no ano passado: os reforças não eram sonantes, mas formou-se uma grande equipa.
    Prefiro claramente isso do que vir uma rechimbada de vedetas que não se entendem.
    O que se passou do outro lado da Morreira deve servir de lição para nós também.

     

Enviar um comentário

Efectuar comentários é absolutamente livre, neste blogue. Não serão, no entanto, admitidos insultos aos seus membros ou ao Vitória Sport Clube.

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

 

Locations of visitors to this page